Sebastian Vettel

Isto está me lembrando Senna, em 1991.

Com alegada perda de marchas no GP do Brasil de 2011, antes de dar passagem ao companheiro Mark Webber