Publicidade

Sebastian Vettel, após o GP do México de 2015

“Fiz um trabalho de merda, hoje”