Publicidade

O Honda 2008


Para a temporada de 2008, a Honda contratou um trio de peso: Loic Bighois, francês especialista em aerodinâmica, que era da Williams; Jorg Zander, ex- designer da Toyota e BMW, e Ross Brawn. Ex-diretor técnico da Ferrari.

Só os dos dois primeiros participaram da concepção do novo carro o RA108, mas o novo projeto parece ter sido aprovado por Brawn. Na sua análise, diz que o RA108 tem um conceito completamente diferente dos seus predecessores. Em termos  de desenho aerodinâmico e estrutura mecânica. A filosofia do desenho foi  desenvolvida para permitir melhor aproveitamento do pacote aerodinâmico e a facilidade de desenvolver o desenvolvimento do carro durante a temporada.

Assinala que o foco foi a obtenção de alto nível de eficiência aerodinâmica com estabilidade e isso se reflete no jeito que o chassi foi concebido, para interagir com diferentes características de aerodinâmicas e a suspensão.

O novo carro não tem a costumeira ponte na asa dianteira. O bico é mais alto do que o anterior. A.carenagem traseira tem poucos elementos aerodinâmicos. Os braços inferiores da suspensão ao ligados aos lados do chassi.

A pintura é mais leve e  mantém a temática ecológica, embora mais contida. A imagem da Terra, menor do que a do no passado, é cercada por pintura branca, ao lado da inscrição earthdreams (Sonhos da Terra), que aparece também em outras partes do carro.  Entrada de ar e parte dos defletores .e da asa dianteira têm detalhes em vermelho. As laterais e a parte de baixo do nariz são pretas.

honda_2008_01

Barrichello estreia o RA108

As principais especificações técnicas do RA108 são: Chassi em fibra de carbono moldada em colméia; freio a disco de carbono;Volante em fibra de carbono; caixa de marchas em composto de carbono, de 7 marchas, com seleção seqüencial; comprimento, 4,7 metros; largura, 1,80; altura 95 centímetros;  motor Honda RA808E, com 2,4 litros de capacidade, configuração V8, aspirado, ângulo de 90 graus, sistema pneumático de válvulas, com 4 válvulas por cilindro.