Publicidade

Wolfgang Berghe Von Trips

Nome Wolfgang Alexander Albert Eduard aximilian Reichsgraf Berghe von Trips
Nascimento

4 de maio de 1928

Local

Colonia – Alemanha

Morte

10 de setembro de 1961

Local

Monza – Itália

Equipes

Ferrari, Porsche, Centro Sud

Estreia

GP da Inglaterra de 1956

1ª vitória

GP da Holanda de 1961

Última vitória

GP da Inglaterra de 1961

Última corrida

GP da Itália de 1961

Pontos

56

Largadas

27

Vitórias

2

Pódios

6

Poles

1

1ª fila

4

2ºs lugares

2

3ºs lugares

2

4ºs lugares

3

5ºs lugares

4

6ºs lugares

1

Nascido em 4 de maio de 1928, em Horrem, Alemanha, Von Trips era único filho de uma família nobre e riquíssima. Por isso, para esconder a atividade da família, em 1954 adotou o nome de Axel Linther e iniciou sua carreira nas pistas. No primeiro ano, com um Porsche, venceu uma corrida para carros esportes em Nurburgring e também ganhou a Mille Miglia na mesma categoria.

Em 55, na equipe da Mercedez, com o 300 SLR, em dupla com Simon, obteve o terceiro lugar no Tourist Trophy. Já no ano seguinte, Von Trips passou a integrar a equipe da Porsche, vencendo na categoria esporte em Sebring, em Le Mans e em Avus. Em 58 mudou novamente de equipe. Foi para a Ferrari, chegando em segundo lugar na Mille Miglia e em terceiro no GP da Itália.

Na temporada de 1959, obteve diversas classificações: segundo lugar nos 1000 Quilômetros de Buenos Aires, terceiro na Targa Florio, nos 1000 Quilômetros de Nurburgring e no GP da França. No GP da Alemanha chegou em quarto lugar e, ainda com seu Porsche, venceu o Campeonato Europeu da Montanha.

Ainda em 59, paralelamente às corridas, Von Trips iniciou sua atividade de construtor com o TCA – Trips, Colotti, Auto Union – um mono posto de Fórmula Júnior. Foram construídos dez carros equipados com motor DKW de dois tempos de 966 cc, 80 cv a 6.200 rpm e câmbio Colotti de cinco marchas. Nessa época, correu pela Porsche, vencendo em Avus; obtendo o segundo lugar no Tourist Trophy e o terceiro em Sebring.

Em 60, defendendo a equipe da Ferrari, na Fórmula 1 obteve as seguintes classificações: quarto lugar no GP de Portugal,  quinto nos Gps da Itália e Holanda e sexto no GP da Inglaterra. Também participou da F2, vencendo o GP de Siracusa e o de Solitude. Na categoria esporte venceu na Targa Florio e nos 1000 Quilômetros de Buenos Aires.

Na temporada de 61, Von Trips dirigia a nova e competitiva Ferrari de 1.500 cc e seis cilindros. Venceu na Holanda e na Inglaterra, chegou em segundo lugar na Alemanha e na Bélgica e obteve a quarta classificação em Mônaco. Já estava em primeiro lugar no Campeonato Mundial de Pilotos, com 33 pontos.  A vitória em Monza, Itália, no dia 10 de setembro de 1961,  lhe daria o título mundial, mas na segunda volta da corrida, seu carro bateu na Lotus de Jim Clark, subiu pelo guarda rail matando 14 pessoas e caiu novamente na pista. Von Trips foi atirado morto para fora do carro na pista.

Disputando a Fórmula 1 de 1957 a 61, von Trips participou de 27 corridas, com duas vitórias, dois segundos , dois terceiros, três  quartos, quatro  quintos  e três sextos lugares, uma pole e um total de 56 pontos.