Nicolas Kiesa

Perfil

Nome Nicolas Kiesa
País Dinamarca
Nascimento: 03 de março de 1978
Local: Copenhague
Altura: 1,78
Peso: 72 kg
Residência: Copenhague
Estado civil: Solteiro
Preferências: T-bone, com manteiga e pimenta;  suco de laranja espremido na hora
Hobbies: Adaptação de motores de corrida para uso nas ruas
Web site: www.kiesa.com

Desempenho

Estréia na F1 03 de agosto de 2003, no GP da Alemanha, em Hockenheim
Equipes Minardi
GPs: 5
Vitórias:  0
Pódios 0
Poles: 0
Pontos: 0
Volta mais rápida 0
Abandonos 0

Carreira

2006 Transfere-se para a DTM
2005 É terceiro piloto da Jordan
2003 Estréia no campeonato da Fórmula 1 me faz cinco corridas pela Minardi
2002 12º na F3000, com a PSM Racing
2001 Disputa os campeonatos de Fórmula 3 britânica (pela RC Motorsport) e alemã (pela GM Motorsport)
2000 6º no campeonato britânico da Fórmula 3, com 1 vitória e dois terceiros lugares
1999 Campeão da Fórmula Ford britânica, com 7 vitórias; 3º no campeonato europeu da Fórmula Ford; 4º no Festival da Fórmula Ford
1998 3º  no campeonato britânico da Fórmula Ford, com uma vitória; 1 segundo e 5 terceiros lugares; 3º no Festival da Fórmula Ford
1997 2º no GP de Kart de Mônaco; 4º no Aberto de americano de Kart;  4º na Fórmula Ford da Primavera
1996 2º no Mundial de kart; 4º no europeu de kart; 1º no campeonato de kart da Escandinávia
1995 1º no Troféu viking de kart
1994 5º no Campeonato Europeu de Kart; 1º no Troféu Viking de Kart
1993 3] no Campeonato Europeu de Kart; 2º Campeonato Dinamarquês de Kart
1992 2º no Campeonato Mundial de Kart
1991 1º no Campeonato Dinamaruês e Kart
1990 1º no Campeonato Dinamarquês Júnior de Kart

História

Nicolas Kiesa,que nasceu em Copenhague, em 3 de março de 1978, começou sua carreira no kart, no qual foi líder dinamarquês por oito anos, vencendo três campeonatos nacionais e dois da Escandinávia.

Em 1998,  depois de ter chegado ao mais alto nível do kart mundial,  e ganhado mais de 160 troféus, passou para os monopostos.  Na sua primeira temporada na Fórmula Ford britânica, com a ADR Motorsport, obteve o terceiro lugar no ranking e terceiro no Festival Mundial da Fórmula Ford.

Em 1999, ele continuou na Fórmula Ford, correndo num Mygale SJ99, da Haywood Racing. Conquistou o título antes do fim da temporada, vencendo sete, das 14 corridas, mas não teve a mesma sorte no Festival, tendo de abandonar a competição, por causa de problemas na engrenagem, depois de liderar as primeiras voltas.

Em 2000,  Nicolas passou para a RC Motorsport, no campeonato britânico da Formula 3 , levando a equipe a primeira vitória no Donington Park e terminando na 6ª posição no campeonato.

Em 2001, continuou na RC Motorsport, associada à Prost Grand Prix, e iniciou o campeonato como  um dos candidatos ao título. No meio da temporada, Nicolas se transferiu para a Fórmula 3 alemã, com a GM Motorsport,  e começou a se familiarizar com novos circuitos. Em 2002, subiu para o campeonato da Fórmula 3000, com a PSM Racingline, e marcou pontos em Spa e Monza.

Em 2003, contratado pela equipe Den Bla Avis para disputar o campeonato da Formula 3000, venceu o GP de Mônaco e foi ao pódio em Nurburgring. Antes de terminar a temporada,  Nicolas Kiesa foi chamado pela Minardi parta correr na categoria principal do automobilismo mundial, para substituir Just Wilson, que fora para a Jaguar, no lugar de Antonio Pizzonia. Disputou as cinco últimas corridas do calendário, não marcando nenhum ponto e tendo como melhor resultado o 11º lugar no GP dos Estados Unidos.

Em 2004, Nicolas disputou a vaga na Minardi com Patrick Friesacher e perdeu no último momento dos testes, contentando-se em representar a equipe em categorias inferiores. Em 2005, o dinamarquês foi o terceiro piloto da Jordan e no ano seguinte foi para a DTM (Deutsche Tourenwagen Masters), categoria de turismo alemã.

Nicolas Kiesa foi o quarto representante da Dinamarca em toda a história da F-1. Antes dele competiram na categoria , Jan Magnussen, que foi companheiro de Barrichello na Stewart, Tom Belso e Jac Nelleman.