Herbert MacKay-Fraser

Embora tenha corrido sob a nacionalidade norte-americana e seja ignorado por aqui , Herbert MacKay-Fraser foi mais um piloto da Fórmula 1 nascido no Brasil. Ele nasceu em Pernambuco e viveu parte da sua infância entre Recife e a Califórnia. Um dia depois de completar 30 anos, participou de um único Grande Prêmio, o da França, em 23 de junho de 1957, em Rouen. Não terminou a corrida, mas marcou a sua presença: corria em 6º e já tinha ultrapassado Mike Hawthorn, antes de ser obrigado a deixar a pista, por causa da quebra da transmissão do seu carro. Logo depois dessa estreia promissora, no dia 14 de julho, MacKay-Fraser morreu tragicamente durante prova de velocidade da Formula 2, no circuito de Reims-Gueux, em Reims, na França. Com uma Lotus, ele disputava a terceira colocação na corrida,  quando, em alta velocidade, bateu seu carro na barreira do acostamento e morreu.

pilotos_Herbert_01

MacKay-Fraser era filho de um dono de plantação de café no Brasil. Algumas fontes dão como data de seu nascimento 23 de junho de 1922, mas a maioria aponta o ano de 1927. O lugar de nascimento também é controverso. Alguns o dão como natural do estado de Connecticut, nos Estados Unidos, mas a maioria  informa que ele nasceu no Recife, Pernambuco. Herberf começou a correr na Califórnia, num  Jaguar XK120, com o qual participou de provas em todo o estad. Posteriormente, viajou para o Rio de Janeiro, onde participou de várias corridas com uma Ferrari 750, de sua propriedade.

Em 1995 viajou para a Europa e se instalou em Londres, pretendendo seguir a carreira nas pistas. Depois de terminar a temporada de pequenas provas com o carro levado do Brasil, Herbert passou a pilotar para a Lotus, de Colin Chapman, em carros esporte. Seu melhor desempenho foi nas 12 horas de Reims, onde liderava a corrida antes de seu motor estourar. Em Nurburgring ele venceu a prova de sua categoria, com uma Ferrari, tendo do como parceiro Jo Bonnier.

Em fins de 1956, disputou, com a Lotus, sua primeira prova da Fórmula 2, a Copa de Ouro Internacional. No ano seguinte, obteve o 9º lugar nas 24 horas de Le Mans, ao lado de Jay Chamberlain, assim como ganhou prova da categoria de 751 a 1100 cc. Na Fórmula 2, teve sua melhor performance em Brands Hatch, onde a regularidade nas duas provas lhe valeu a segunda colocação final, atrás apenas de Jack Brabham. Em julho teve a oportunidade de correr na Fórmula 1, pela BRM e fez sua estreia em Rouen. Classificado na 12ª posição do grid, passou à 6ª colocação logo na primeira volta, mas logo teve de abandonar a prova por problema na transmissão.

Apenas uma semana depois, MacKay-Fraser encontrou a morte no circuito de Reims, na disputa da Copa Internacional de Velocidade da Fórmula 2. Na 30ª volta, lutando pelo terceiro lugar, ao contornar a curva do Calvário, com a Lotus nº 4, ele saiu da pista, bateu, foi ejetado do carro e morreu a caminho do hospital. Herbert Mackay-Fraser foi sepultado no cemitério de Bezannes, em Reims, no dia 23 de julho de 1957. Foi o primeiro piloto a morrer num carro da Lotus.