Publicidade

Alan Jones

Nome

Alan Jones

Nacionalidade

Australiano

Nascimento

2/11/1946

Local

Melbourne

Carreira

1975-1986

Equipes

Hesketh, Hill, Surtees, Shadow, Williams. Arrows, Haas, Lola

Largadas

116

1ª corrida

GP da Espanha de 1975

1ª vitória

GP da Áustria de 1977

Última vitória

GP dos Estados Unidos 1981

Última corrida

GP da Áustria de 1986

Vitórias

12

Pontos

199

Pódios

24

Poles

6

2ºs lugares

7

3ºs lugares

5

4ºs lugares

8

5ºs lugares

5

6ºs lugares

2

1ª fila

13

Voltas+rápidas

13

Km na liderança

2877

 

Alan Jones, australiano, nascido em 2 de novembro de 1946, passou longo tempo como anônimo piloto da Fórmula 2.  Tinha um breve currículo, com apenas duas informações que chamavam a atenção: alguma experiência como mecânico de automóveis e o local de nascimento, Melbourne, terra de Jack Brabham.

Com esforço, chegou á Fórmula 1, em 1975. Começou competindo com um velho Hesketh 308, transferindo-se, em 1976, para os Embassy-Hills e, em seguida, para os Surtees T19. Sua primeira vitória aconteceu no GP da Áustria de 1977, pilotando uma Shadow DN8.

Em 1978, fez a aposta decisiva de sua vida: aceitou o convite do construtor Frank Williams, que Emerson Fittipaldi e Ronnie Peterson tinham rejeitado, para pilotar seu novo carro patrocinado pelos petrodólares da Sud-Airlines.

Com retaguarda financeira, Frank Williams montou uma equipe competitiva e só teve como adversário à altura a Brabham, de Nelson Piquet. Em 1980, ao volante do FW 007, Alan Jones foi o campeão mundial da Fórmula 1, vencendo 6 dos 15 GPs disputados, inclusive o da Espanha, posteriormente anulado.

Jones participou de 10 temporadas da F1, disputando 116 Grandes Prêmios. Além do campeonato de 1980, obteve 12 vitórias em GPs, 7 segundos, 5 terceiros, 8 quartos, 5 quintos e 2 sextos lugares. Foi pole position 6 vezes e fez 13 voltas mais rápidas, totalizando 206 pontos, durante a carreira, encerrada em 1986.

Depois de se aposentar, a partir de 1987 e por 10 anos, Alan Jones foi comentarista da F1 para o canal 9 da Austrália. De 2005 a 2010m foi diretor da equipe A1 Grand Prix. Em 2005, tentou correr o GP da Série Mundial Master, em Kyalami, mas teve de desistir, antes da classificação, por causa de dores no pescoço. Em 2013, Jones assinou contrato com a Network 10 como comentarista de automobilismo. Separado da primeira mulher, Beverly, desde 1980, em 1996, ele começou um relacionamento com Amanda Buttler Davis e, em 2001, teve os filhos gêmeos Zara e Jack. Em 1980, Alan Jones foi feito membro da Ordem do Império Britânico pelos serviços no automobilismo, e, em 1985, introduzido no Hall da Fama do Esporte da Austrália. Alan Jones e seu pai Stan, Graham e Damon Hill, Keke e Nico Rosberg foram as únicas duplas de pai e filho a ganharem o Grane Prêmio da Austrália.