11/05/19

Vettel fica surpreso com diferença de tempos

Sebastian Vettel, irônico e sorridente, minutos depois de se classificar em terceiro para o GP da Espanha, reconheceu que esperava estar atrás da Mercedes, mas não com a diferença da tabela de tempos.
“Ficamos surpresos. Nós tentamos muitas coisas, mas nada funcionou. As novas peças nos deram um plus, mas ainda estamos atrás de Mercedes. Os favoritos são o Mercedes, e temos de ver o que podemos fazer amanhã. Estamos aqui para competir. Temos de lutar e obter um resultado melhor. Vamos tentar tornar difícil para Mercedes”, comentou.
No final da sessão, Vettel reconheceu a impotência do SF90, diante do ritmo do W10, da Mercedes.
“Estamos lento em todas as curvas, não só no terceiro setor. Esse é o nosso calcanhar de Aquiles. Então, podemos recuperar um pouco nas retas. Acho que já acertamos o carro ao máximo, mas não foi o suficiente. O carro dá errado mas não somos rápidos o suficiente, acho que em equilíbrio temos o ponto certo “, explicou Vettel ao sair do carro.

Lewis Hamilton elogiou o trabalho de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, mas também foi crítico de si mesmo e disse não ter feito bem a Q3.
“Valtteri tem feito um grande trabalho. Eu tentei fazer alguma boa volta, eu tive que sair e carregar baterias antes que os outros, mas eu não tenho sido forte em Q3. No entanto, foi um bom trabalho da equipe, uma outra dobradinha, e estou muito feliz por eles “, disse Hamilton, logo que ele saiu do carro.
Valtteri Bottas ficou satisfeito com o desempenho de seu W10 na qualificação Grande Prémio de Espanha,
“Eu senti que tinha um carro melhor na Q3. Eu gostei; O terceiro treino livre foi complicado depois da rodada, mas a temporada começou da melhor maneira possível, eu me senti confortável no carro”, disse ele.

(Com informações  do site soymotor,net)