09/06/19

Vettel no rádio: “Estão roubando a corrida”

A informação sobre a penalidade caiu como um balde de água fria sobre Vettel e ainda na pista ele usou o rádio para manifestar sua frustração e dizendo que “eles estavam roubando a corrida”.
Mas apesar da raiva demonstrada nas atitudes depois da corrida, nas entrevistas no pódio, Vettel, apontado pelos fãs como o piloto do dia, deixou claro que Lewis Hamilton não deveria ser vaiado, mas sim comissários que o puniram.
“Eu realmente gostei da corrida e os fãs me aplaudiram, especialmente no grampo. Lewis foi mais rápido, mas eu fui capaz de me manter à frente. Acho que já disse o suficiente. Pergunte às pessoas o que eles pensam. Lewis me mostrou respeito. As pessoas não devem vaiar Lewis. Se alguém deve receber vaias, são essas decisões”, disse Vettel.
Mais tarde, Vettel voltou a defender sua posição e criticou mais uma vez a decisão dos comissários.
“Eu acho que está claro o que aconteceu, mas um par de pessoas em uma sala tem uma opinião diferente. Hamilton estava me empurrando, eu estava tentando sobreviver. Eu tive que economizar combustível. O carro estava difícil de conduzir e eu o perdi. Quando voltei à pista, toda a vantagem que tive foi embora, tive a sorte de voltar à pista, sinto-me estranho por estar nesta posição, apesar de ter cruzado a linha de chegada em primeiro”, disse Vettel, que reconheceu ter subido ao pódio contra sua vontade.
“Eu não queria entrar. Eu estava bravo e desapontado, acho que todo mundo entende o porquê, mas acho que foi um sinal de respeito a Lewis e Charles subir ao pódio. Claramente, não era o lugar que queria estar lá, mas estar lá não é uma opção, eu tinha que estar lá “, esclareceu ele para finalizar.
Aos microfones da Sky Sport F1 HD, quando perguntado se achava que poderia ter feito algo diferente, Seb declarou:
“Eu não acho que poderia ter feito nada diferente. Eu estava tentando manter o carro no caminho certo. Obviamente eu saí da grama, os pneus estavam sujos e eu estava tentando recuperar o controle do carro, então eu realmente não sei o que eu poderia ter feito diferente naquele momento: eu perdi a entrada acabei na grama e tive sorte de não virar, mas quando recuperei o controle do carro, olhei no espelho e Lewis estava lá, eu não sabia onde estava, mas naquele momento era difícil o suficiente para recuperar o controle do carro e não tenho muito mais a acrescentar. Estou chateado, é uma pena, porque hoje não fomos os mais rápidos, mas cruzamos a linha de chegada em primeiro. Eu não me importo com o campeonato agora. Nós merecemos ganhar a corrida e eu acho que essa também era a opinião do público. “