27/07/19

Vettel diz ter sofrido uma grande decepção

Depois de sair do carro e trocar de roupa. Sebastian explicou, sem entrar em detalhes, o que aconteceu nos primeiros minutos da Q1 e demonstrou a sua grande desilusão, depois de um fim de semana que parecia promissor.
“Na saída dos boxes perdi o poder e fomos forçados a levar o carro de volta. Sinto-me muito vazio, é uma decepção muito amarga tanto porque é o Grande Prémio de casa e porque o carro é muito bom. Ontem tive bons sentimentos e esta manhã as coisas estavam ainda melhores. Achei que tinha uma grande chance de pole e não posso fazer nada, além de olhar para amanhã.”
Leclerc tentou manter a moral da equipe prometendo uma corrida de recuperação:
“É uma grande pena. Já é difícil quando ocorre um colapso em um carro, mas quando isso acontece em ambos os carros é ainda mais difícil. Hoje não foi o nosso dia, mas amanhã farei de tudo para mudar a situação e trazer sorrisos aos rostos das pessoas da nossa equipe. Eu me lembro de quando todos em Baku tinham certeza de que eu levaria a pole e então perdi tudo e acabei no muro. Momentos como esses são sempre difíceis, mas a equipe está trabalhando duro e fizemos muito progresso nos últimos fins de semana. Devemos continuar a trabalhar assim e permanecer fortes nessas ocasiões”
A chuva pode ser uma aliada da Ferrari na corrida? Leclerc não está muito convencido.
“Se a chuva viesse, talvez pudesse nos ajudar, mas mesmo no seco fomos rápidos.” (Com informações de motorspor.it.com)