18/04/19

Vettel admite: Leclerc é melhor com o SF90

O desempenho do SF90, o carro da Ferrari foi muito diferente nas três primeiras corridas do ano, com um ritmo muito baixo na Austrália; imparável no Bahrein e discreto na China. E Sebastian Vettel é quem está encontrando mais dificuldades para ter um ótimo desempenho.
O piloto alemão diz que o carro não tem grandes defeitos, mas admite que Charles Leclerc sabe como extrair melhor seu potencial.

“Temos um carro muito forte, não há nada errado com ele, mas não podemos levá-lo fazer o trabalho ideal para extrair o potencial que ele tem, especialmente no que me diz respeito. Charles conseguiu fazer isso no Bahrein mais do que eu. Ainda não estou totalmente feliz, especialmente em comparação com o lugar onde começamos “, reconheceu Sebastian Vettel.
Em Barcelona, durante os testes de pré-temporada, o SF90 se comportou perfeitamente, extraindo o máximo dos pneus e mostrando uma superioridade manifesta. No entanto, com o início da competição, as coisas mudaram.
“Obviamente, os três circuitos em que competimos até agora são muito diferentes. Nós tivemos condições diferentes, mas acho que começamos a entender o motivo, especialmente na distância da corrida. Nós entendemos o que precisamos para implantar o potencial real do carro. Em algumas partes da corrida somos muito fracos, mas podemos ficar muito felizes com o motor”, disse Vettel.
Além da melhora experimentada pela Mercedes, a Ferrari mudou com relação aos testes no sentido de que não é mais capaz de manter os pneus em sua temperatura ideal, o que a torna muito mais instável na curva. O motor, no entanto, satisfaz Vettel.
“Acho que esse par de semanas (até o Grande Prêmio do Azerbaijão) e os seguintes serão muito importantes para entendermos aonde precisamos ir nos próximos meses. Em algumas partes da corrida estamos muito fracos e isso foi visto novamente na China, mas podemos ficar muito felizes com o motor “, concluiu.