01/04/19

Um pneu causou a quebra da asa de Vettel

O pneu dianteiro direito, que furou depois que Vettel rodou, enquanto lutava contra Lewis Hamilton causou a quebra da asa dianteira do carro dele, segundo a Pirelli.
Vettel rodou, depois de perder a traseira de sua Ferrari, na tentativa de passar por Hamilton na curva 4. Como resultado da rodada, teve grandes danos nos quatro pneus, com um deles perfurando.
“Eu obviamente tive a rodada. E durante a virada eu acho que o pneu traseiro esquerdo se deslocou. Devido a isso, eu tive muitas vibrações e quando eu estava na reta isso fez a asa dianteira quebrar ”.
O fornecedor italiano de pneus confirmou ao RaceFans.net que o pneu dianteiro direito sofreu uma perfuração, o que contribuiu para as enormes vibrações que ele teve ao voltar para a pista dos boxes. Vettel girou em alta velocidade, o que causou grandes manchas nos quatro pneus (e vibrações potencialmente significativas para remover a asa dianteira). O do lado direito foi o único pneu perfurado após o incidente: os outros três pneus ficaram em pé. ”
A Pirelli acrescentou que “todos os itens acima foram uma consequência direta do giro de alta velocidade” e “não houve nenhum problema com nenhum dos pneus antes que isso acontecesse”.
Já Valtteri Bottas revelou que uma sacola plástica presa em sua asa dianteira contribuiu para um GP do Bahrain “superdifícil”.
O vencedor do GP da Austrália admitiu ter enfrentado dificuldades, perdendo colocações após uma excelente primeira volta, na qual subiu de quarto para segundo. Ele foi ultrapassado por Leclerc e por seu companheiro de equipe Lewis Hamilton na segunda volta.
“Acho que o vento me surpreendeu um pouco, eu freei tarde demais na curva 1 tentando manter minha posição e perdi dois lugares. Durante os momentos de vento forte, eu acabei cometendo alguns erros, mas acho que isso também ocorreu com alguns outros pilotos. Foi extremamente difícil manter o ritmo. Consegui poupar o motor em algumas ocasiões quando não havia ninguém perto atrás ou à frente. Além disso, uma sacola plástica ficou presa na minha asa dianteira em certo ponto, o que me custou desempenho, então não foi uma prova perfeita”, disse Bottas.