24/01/19

Renault anuncia substituto de Carlos Ghosn

A Renault anunciou hoje que Jean-Dominique Senard, ex Michelin, será o novo presidente da empresa, em substituoção a Carlos Ghosn, preso no Japão por supostos crimes financeiros. .
Apesar da situação legal no Japão, Ghosn oficialmente mantinha sua posição na Renault, mas, antes de uma reunião do conselho, na França, nesta quinta-feira, ele foi afastado do cargo. A Renault decidiu dividir as responsabilidades que Ghosn tinha anteriormente e separar as funções de presidente e CEO. O conselho elegeu Jean-Dominique Senard como novo presidente, enquanto Thierry Bollore, que assumira recentemente as responsabilidades de Ghosn, foi mantido como diretor executivo.
Em um comunicado divulgado, a Renault deixou claro que Senard seria encarregado de criar uma nova estrutura de governança para ajudar a liderar tanto a montadora francesa quanto sua aliança com a Nissan.
O comunicado dizia: “Além de todas as funções normalmente desempenhadas pelo Presidente do Conselho, o novo Presidente de Administração da Renault terá que avaliar e, se necessário, mudar a governança, a fim de garantir a transição para a nova estrutura. Ele apresentará suas propostas sobre a evolução da governança ao Conselho de Administração antes da próxima Assembleia Geral de Acionistas. Além disso, o Conselho de Administração da Renault deseja supervisionar ativamente o funcionamento da aliança [com a Nissan] e decide dar ao seu Presidente total responsabilidade pela gestão da aliança em nome da Renault, em articulação com o Diretor Executivo.”
A Renault não informou se Jerome Stoll continuará como presidente da divisão esportiva da fábrica. Depois da renuncia de Thierry Koskas, que não chegou a assumir o cargo de presidente, a montadora tinha anunciado que Stoll continuaria no cargo.
“Jerome Stoll continuará no cargo de presidente da Renault Sport Racing após a saída de Thierry Koskas “, disse a empresa a empres na ocasião. .
Stoll, de 64 anos, está na Renault desde 1980,se tornando presidente de seu braço esportivo em 2016.
Segundo a wikipedia, Jean-Dominique Senard, nascido em 7 de março de 1953, é um industrial francês na indústria automobilística. Em 11 de maio de 2012, ele sucedeu Michel Rollier como diretor executivo da empresa de pneus Michelin depois de ingressar na empresa como Chief Financial Officer em 2005. Senard é o primeiro CEO da Michelin não relacionado à família Michelin.
Senard é filho de um diplomata que cresceu em inúmeras embaixadas em todo o mundo, e freqüentou o Hautes Etudes Commerciales (HEC) em Paris, onde completou sua educação com um mestrado em direito, antes de iniciar sua ascensão através das fileiras das principais empresas da França. Em março de 2005, ele ingressou na Michelin como seu CFO e membro do conselho executivo. Após o afogamento acidental de seu chefe Édouard Michelin, em 2006, ele foi nomeado sócio-gerente do grupo em maio de 2007. Ele também atuou como chefe de assuntos financeiros, serviços jurídicos, planos e resultados. .