05/03/19

Red Bull reduziu a diferença, garante Horner

O chefe da Red Bull, Christian Horner, garante que sua equipe está mais próxima da Mercedes e da Ferrari, após a mudança para a Honda na temporada de 2019.
Falando no Salão Internacional do Automóvel de Genebra, Horner admitiu que a Ferrari lidera, após o seu desempenho nos testes.
“Está claro que a Ferrari após o segundo teste parece muito forte”, disse Horner à Sky. “Mercedes vai estar lá ou por aí. Eles são os campeões mundiais reinantes, então eles não vão ser negligentes. Eu acho que nós definitivamente fechamos essa lacuna. Acho que veremos não apenas em Melbourne, porque é uma pista única, mas observe as três primeiras corridas e me pergunte de novo como estamos indo.”
Horner acrescentou que o diretor técnico da Red Bull, Adrian Newey, ganhou nova motivação com a mudança da equipe da Renault para a Honda.
“Não é só por causa das regras, acho que a mudança de motor estimulou toda a equipe e particularmente Adrian. Ele vê que o motor está agora cada vez mais próximo do desempenho das equipes de frente. Isso realmente o motivou. Ele está trabalhando muito duro com todos os garotos e garotas de volta a Milton Keynes. Espero que possamos esperar por uma boa temporada. Nosso trabalho é tentar fechar essa lacuna para a Ferrari e a Mercedes. ”
Tendo ficado para trás da Mercedes e da Ferrari na era do motor turbo híbrido, a Red Bull acredita que sua mudança para motores Honda aumentará suas chances de vencer seus dois maiores rivais em temporadas futuras.
Já Cyrill Abiteboul, chefe da Renault, fez uma declaração considerada surpreendente de que o motor da fábrica neste ano pode ter 50 hp a mais do que seu antecessor.
A Renault também quer reduzir, em 2019, a diferença em relação à Ferrari, Mercedes e Red Bull.
“Nós tínhamos de resolver nossa desvantagem de motor”, declarou Abiteboul ao L’Equipe, da França.
“Os números na bancada de testes são bons e há correlação na pista, então temos uma confirmação do progresso que foi feito. Porém, a melhoria do motor precisa aparecer na competição em Melbourne e provavelmente também no Bahrain. Não quero dar números específicos, mas eu diria que nós ganhamos entre 20 e 50 hp”, afirmou Abiteboul.