25/05/19

Pirelli sugere estratégia de uma parada só

A Pirelli sugere que estratégia teoricamente mais rápida para o Grande Prêmio de Mônaco é de uma parada nas 78 voltas. E prevê que a janela de pit stop poderá ser muito larga, devido ao baixo desgaste e degradação dos pneus nesse circuito de baixa energia.
A maneira mais rápida, diz a fornecedora de pneus, é começar com o composto macio, depois mudar para o pneu duro em qualquer ponto entre as voltas 10 e 22, de acordo com as necessidades táticas de cada equipe. Essa ampla janela também significa que as equipes podem aproveitar ao máximo o período de um carro de segurança, uma forte possibilidade em Mônaco.
Uma estratégia um pouco mais lenta é começar no pneu macio e depois mudar para o médio em qualquer ponto entre as voltas 18 e 25. Obviamente, isso requer um pouco mais de gerenciamento de pneus, pois envolve ir mais longe com um composto mais macio.
A estratégia de duas paradas só seria indicada, ressalva a fábrica, se a degradação do composto macio for maior do que o esperado, talvez com temperaturas mais altas. Nesse caso, depois de uma parada entre as voltas 10 e 12, para a troca dos macios, haveria uma outra para um stint final com o pneu duro.
Como em Mônaco é muito difícil ultrapassar em o início da corrida é muitas vezes a melhor oportunidade para isso. Todos os 10 primeiros estarão começando neste composto, e é improvável que haja uma grande vantagem em começar com qualquer outro pneu.
Há 80% de chance de um safety car em Mônaco, o que poderia influenciar a estratégia e as paradas nos boxes.
Mario Isola, chefe de automobilismo da Pirelli comenta:
“O pneu macio foi usado do início ao fim da qualificação – realizada em condições um pouco mais quentes em comparação aos dias anteriores – e devemos assistir a uma corrida de uma só parada, a menos que algo inesperado aconteça, ou haja mais degradação do que o previsto no pneu macio. Dependendo de qual estratégia os pilotos escolham, pode haver algum grau de gerenciamento de pneus: com uma abertura longa no macio, ou um longo segundo no médio, por exemplo, a estratégia aqui é frequentemente influenciada pelo safety car, então como sempre isso pode vir a ser dec