19/02/19

Os pneus vão ter apenas 3 cores neste ano

A Pirelli confirma que haverá apenas três cores nos pneus em cada corrida de 2019: branco para o composto mais difícil do fim de semana; amarelo para o médio e vermelho para o composto mais macio. No total, haverá cinco compostos disponíveis para o ano, numerados de 1 a 5, indo do mais difícil ao mais suave. Os compostos mais difíceis (C1) e os mais macios (C5) não carregam as listas usuais durante o teste. Os compostos C2, C3 e C4, em vez disso, levam a marca habitual com listas: branco, amarelo e vermelho, respectivamente. Isso só acontecerá durante os testes. Nos fins de semana do Grande Prêmio, haverá apenas três compostos em cada corrida.
Também haverá alguns pneus sem nenhuma marca: serão protótipos de pneus que serão vistos durante os testes apenas para avaliar possíveis evoluções para o futuro. Há um cronograma de testes feito sob medida que está sendo finalizado para 2020, o que envolverá todas as equipes em uma série de sessões este ano.
Um novo movimento para este ano é reduzir a temperatura máxima das coberturas de pneus da traseira para 80 graus centígrados, enquanto a temperatura da manta dianteira dos pneus permanecerá nos atuais 100 graus centígrados. Isso ajudará o aquecimento do pneu dianteiro e também reduzirá o risco de granulação, especialmente em baixas temperaturas ambiente. Como resultado, as pressões de partida dos pneus traseiros foram reduzidas.
Há um novíssimo pneu intermediário para este ano, projetado para abranger uma gama mais ampla de condições do que seu antecessor. Isso faz com que o ponto de cruzamento seja muito mais eficiente, tanto com pneus lisos e molhados quanto com melhor desempenho no molhado. O pneu totalmente molhado também é totalmente novo, com um perfil redesenhado que oferece maior resistência à aquaplanagem e melhor dirigibilidade em chuva forte.
No ano passado, duas linhas paralelas de pneus molhados e intermediários foram homologadas: um para temperaturas mais altas e outro para temperaturas mais baixas. Este ano, os pneus tornaram-se mais versáteis e não é necessário ter duas gamas; existe apenas um pneu intermediário e um pneu húmido completo para todo o ano.