20/03/19

Motor Honda fez Hamilton lembrar de Senna

 

Lewis Hamilton elogiou motor da Honda usado pela Red Bull no Grande Prêmio da Austrália e, em particular, ficou impressionado com a forma como Max Verstappen conseguiu passar o rival da Ferrari, Sebastian Vettel, com o novo motor.
O pentacampeão diz ter boas lembranças da Honda quando seu ídolo Ayrton Senna costumava dirigir pela McLaren usando o mesmo motor.
“Eu me lembro de ter assistido Ayrton dirigir o Honda e eles eram uma força formidável naquela época e é ótimo vê-los de volta lá em cima. Espero que a confiabilidade deles continue, para que possamos manter uma batalha próxima ao longo do ano. É ótimo ver a melhoria que levou para a equipe. Os Red Bulls estão conosco e acho que teremos uma grande batalha ao longo do ano entre nós três. Tenho certeza que na Ferrari … algo não deu certo neste fim de semana, mas tenho certeza que o carro ainda está bom. Eu acho que vai ser uma temporada muito interessante.”

Já a Honda admitiu no Twitter que o primeiro pódio desde o retorno da Fórmula 1 em 2015 não resolve “anos de lutas” da noite para o dia”.
Em resposta a um usuário pedindo para não ficar complacente e dizendo que “continue assim”, a Honda reiterou seu compromisso com ganhos adicionais.
“Ainda estamos empenhados em construir a melhor unidade de potência da rede. Sabemos que uma viagem ao pódio não significa que anos de lutas sejam resolvidos da noite para o dia.”
Outro usuário tuitou sua esperança de que “a confiabilidade não será um problema” e como estava interessado em ver o progresso do motor, que descreveu como “o melhor som da rede”.
A Honda respondeu: “Foi um domingo agradável, mas sabemos da batalha que enfrentamos pela grade. Estamos trabalhando duro para garantir que os ganhos de desempenho possam ser combinados com confiabilidade”.