24/03/19

Mike pode dirigir um Alfa Romeo em abril

O site da Auto Motor und Sport publica que, de acordo com informações da How To Cars MOTORSPORT, Mick Schumacher vai dirigir um Alfa Romeo Ferrari, no teste de piloto júnior, nas terça e quarta-feira, dias 10 e 11 de abril, após o Grande Prêmio do Bahrein,
Como Ferrari Junior, Schumi é o primeiro candidato a um cockpit nos testes de Fórmula 1, e apenas alguns dias atrás, o diretor da equipe da Alfa, Frederik Vasseur, confirmou que ele era elegível para os testes drives. Alfa Romeo tem motores Ferrari e a Academia Ferrari permite que testes de juniores nas equipes parceiras.
Para Mick Schumacher, será a segunda vez em um carro de Fórmula 1. Em 2017, ele já pilotou o Benetton B194, com o qual seu pai, Michael, conquistou seu primeiro título mundial. A Benetton Ford tinha pouco mais de 700 hp; os atuais carros de Fórmula 1 produzem cerca de 1000 hp.
Mick Schumacher terá o apoio de Sebastian Vettel. “Dicas, como ele tem que dirigir, eu dou. Com certeza haverá coisas que você pode passar por causa de sua maior experiência. Porém, ele coleciona suas próprias experiências. Além disso, a expectativa dele é extremamente grande. Ele certamente não precisa que ninguém tenha que lembrá-lo”, disse o tetracampeão mundial.
O primeiro teste de Mick é particularmente emocional por lembrar seu pai. Hoje, a equipe é chamada de Alfa, mas é a mesma pela qual, com o nome Sauber, Michael Schumacher correu, em 1990/01, no Grupo C, com um Sauber-Mercedes. Uma Sauber com motor Ferrari conecta Mike a dois marcos importantes de seu pai, ressalta a Auto Motor und Sport.
Recentemente, em uma entrevista em vídeo, Mike disse que não tem nenhum problema com as comparações.
“Estou feliz por ser o filho do maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos. Estou feliz que ele seja o melhor piloto de Fórmula 1 de todos os tempos e eu o admiro por isso. E mesmo que possa ser um pouco difícil às vezes, é exatamente como é. Tem bom e tem lados ruins “.