20/03/19

Mercedes e Ferrari escolhem pneus iguais

A Mercedes e Ferrari escolheram compostos iguais para o GP do Bahrein, no circuito de Sakhir, no dia 31 de março. A Pirelli selecionou para a corrida noturna, em asfalto abrasivo, pela primeira vez, o C1 o pneu mais duro da temporada, ao lado do C2, médio e C3, macio. A Mercedes e Ferrari selecionaram um conjunto do pneu duro (C1), três do médio (C2) e nove do mole (C3).
Uma combinação igual foi escolhida por Max Verstappen, da Red Bull, e Kevin Magnussen, da Haas. Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, fizeram a mesma escolha. Assim como os pilotos da Racing Point, Sergio Pérez e Lance Stroll. O único outro com nove moles é o companheiro de Magnussen, Romain Grosjean, terá, porém, dois pneus duros e dois médios.
Quatro pilotos optaram por 10 moles. Daniil Kvyat e Alex Albon, da Toro Rosso, os combinaram com um duro e dois médios. O mesmo foi feito por Nico Hulkenberg, da Renault. Já seu companheiro Daniel Ricciardo inverteu a escolha entre os compostos mais duros, optando por dois conjuntos de C1 e apenas um de C2.
. Pierre Gasly, da Red Bull, Carlos Sainz e Lando Norris, ambos da McLaren, e Robert Kubica e George Russell, dupla da Williams, optaram por apenas oito conjuntos de moles. Carlos Sainz e Lando Norris preferiram ter dois conjuntos do composto mais difícil, três do meio e 8 do mais suave, enquanto outros pilotos como Hamilton, Bottas, Vettel, Leclerc ou Verstappen preferiram ter mais um jogo do composto mais rápido e menos durável.