29/06/19

Leclerc espera manter a posição nas curvas

Leclerc acredita que a Ferrari tem ritmo para fazer esquecer o GP do Bahrein, quando ele estava perto da sua primeira vitória na F1, mas teve um problema no motor no final.
“O início será importante, há uma longa reta e normalmente somos muito bons nas retas. Espero que possamos manter a posição nas três primeiras curvas, mas o ritmo em si parece promissor”, disse o piloto depois de conquistar a pole em Spielberg.
Questionado pelo Motorsport.com para explicar o desempenho do seu carro no setor intermediário, Leclerc disse: “Acho que nossa principal questão nos últimos GPs foi a dianteira. Nós não tínhamos frente suficiente. Acho que este fim de semana foi um pouco melhor, tentamos setups bem diferentes e também uma nova filosofia. Isso não significa que será um grande passo para as outras corridas, mas por aqui funcionou muito bem. Acho que a maior parte do tempo ganho no segundo setor é por ter uma frente mais forte em comparação aos últimos GPs.”
Leclerc disse que sua melhora no Q3 foi definida a um ajuste adicional que lhe deu mais desempenho na metade da volta. “Nós mudamos um pouco o carro após a primeira tentativa no Q3. Eu sabia que poderia me prejudicar no primeiro setor, mas na verdade não foi tão ruim e então melhorei bastante no terceiro.”
No início da Q3, os mecânicos da equipe italiana começaram a trabalhar freneticamente no carro de Sebastian Vettel. À medida que os rivais iam para a pista, Vettel permanecia preso na garagem. A Ferrari informou, depois do treino, que o carro de Vettel sofreu “um problema de falta de pressão no ar que vai até o motor”, mas não disse o que precisará ser feito para resolver o problema.