25/02/19

Hulkenberg acha o novo motor mais potente

Depois da primeira semana do teste da pré-temporada, Nico Hülkenberg confirmou à imprensa que o novo motor do RS19 tem mais potência do que o seu antecessor, algo que foi notado no último dia de treinos.
O início de uma nova temporada significa a chegada de mudanças nos carros, o que, para as equipes, não é fácil de lidar pois combinar um novo pacote de motor e chassi não é fácil. Andar no carro com um novo motor não significa que será mais rápido do que um ano antes, se a combinação com a aerodinâmica não estiver correta.
Depois de terminar na frente na classificação de quinta-feira, Nico Hülkenberg falou do que sentiu no RS19 com o novo motor Renault E-Tech 19 e das diferenças positivas em termos de desempenho que notou.
“Eu diria sim”, confirmando que o motor Renault atende às expectativas para a temporada de 2019.
“Mas, por outro lado, temos muito mais arrasto com um spoiler traseiro maior, então obviamente você tem menos desse sentimento. É como puxar um paraquedas agora em linha reta. Você só vê aquele enorme spoiler traseiro em seus espelhos retrovisores e, obviamente, isso tem um impacto na sensação de poder.”
As sensações que deixaram estes dias de testes de pré-temporada entre os pilotos e equipes, é que os carros deste 2019 vão ser mais rápidos que os de 2018, embora a princípio, com a introdução das novas regras de aerodinâmica, pensava-se que eles seriam mais lentos.
Segundo Daniel Ricciardo, o fato de ele e Hulkenberg pedirem os mesmos ajustes para o RS19 significa algo positivo ao time.
“Foi realmente bom. Nós não tivemos muita interação, porque estamos dividindo os dias, então eu fiz a maior parte do meu trabalho à tarde e à noite, ou vice-versa. Mas nós dois estamos pedindo praticamente as mesmas coisas para melhorias no carro, então isso é bom. Se alguém puxa para um lado e o outro para outro, os engenheiros ficam: “O que fazemos?”, disse.

Nick Chester, diretor técnico da Renault, ratificando a fala de Ricciardo, disse que fica mais fácil para o time desvendar o novo carro quando os dois pilotos pedem que os mesmos problemas sejam resolvidos.
“Ele (Ricciardo) tem sido muito bom. Tem um bom feedback. É claro sobre o que ele quer do carro. Ele se encaixou e seu feedback é bem parecido com o de Nico, então fica mais fácil colocar o carro no lugar”, comentou Chester.

(Se chegou até aqui, aproveita e dá uma clicada nu anúncio)