28/04/19

Hamilton admite superioridades de Bottas

Lewis Hamilton, que foi incapaz de ultrapassar Valtteri Bottas e terminou no segundo lugar no Azerbaijão, reconheceu a superioridade de Bottas na prova.
“Parabéns a Valtteri, que teve uma grande carreira. Eles mereceram ganhar, é um grande resultado para a equipe. É o melhor começo que já tivemos. É um esforço de equipe, cada ano as pessoas da fábrica ficam melhor e o resultado é prova disso “, declarou.
O pentacampeão fez um bom começo, mas o finlandês soube manter a calma para se defender adequadamente e não desistir de sua posição. No entanto, Hamilton não jogou a toalha e cerrou os dentes para ter uma última chance no final da corrida. Nas últimas três voltas e com um ritmo infernal, Hamilton aproximou-se de Bottas para abrir o DRS na reta duas vezes antes de ver a bandeira quadriculada. Os nervos de aço do finlandês fizeram com que desistisse.
Hamilton disse que deveria ter sido mais implacável no início da corrida.
“Não consegui terminar o trabalho na qualificação”, disse Hamilton à Sky Sports F1 após o final do Grande Prémio. “E na corrida, eu fui muito amigável na curva 1 e basicamente a dei a ele. Em última análise, você sempre tem que lembrar que num time tão grande como este, você é apenas um. Egoisticamente eu poderia ter empurrado muito mais. Eu poderia ter ganhado, ele poderia ter ria perdido e talvez perdido para uma Ferrari. Então, enquanto queria ultrapassar, eu tinha que ser cauteloso para que pudéssemos bloquear a primeira fila. Nós fizemos isso e às vezes isso é um sacrifício que você tem que fazer, se quiser vencer. Se fosse uma Ferrari correndo ao lado seria diferente.”
Bottas parecia um piloto psicologicamente renascido após um complexo 2018, ao explicar aos microfones as últimas voltas agitadas da corrida.
“Estou curtindo esse momento, é uma ótima sensação vencer a corrida. Lewis tentou todos os meios para se recuperar na final e teve um bom ritmo, mas eu consegui não cometer erros. Estou muito feliz pelo nível em que nos expressamos como equipe ”.
O começo mais cauteloso deu um belo duelo nas três primeiras voltas dos dois W10s.
“Talvez no início eu tenha sido muito cauteloso para evitar a derrapagem que tive na China, enquanto Lewis começou melhor e nos encontramos lado a lado nas duas primeiras curvas. Foi uma bela competição com muito respeito entre nós “.
O finlandês afirmou que o seu único objetivo é o topo da classificação.
“As vitórias ajudam a reforçar a confiança. Triunfar aqui foi importante e graças a esse sucesso voltei ao topo do campeonato. Esse é o lugar em que eu quero ficar “. (Com informações de soymotor.net)