08/04/19

Hamilton diz que vai ter cautela com Leclerc

Lewis Hamilton admite que terá cautela na disputa com Charles Leclerc na pista, pois não tem certeza de como o piloto de 21 anos se realmente enfrentado o novo piloto da Ferrari.
Enquanto Hamilton e Toto Wolff, esperam que Leclerc seja uma ameaça ao título em seu primeiro ano na Ferrari, o atual campeão mundial de Fórmula 1 diz que precisa entender como o jovem ataca e defende a trajetória, mas antecipa um adversário equilibrado.
Desde a promoção de Leclerc para a Ferrari, a dupla ainda não se enfrentou a meta, mas Leclerc superou Valtteri Bottas e seu companheiro de equipe Sebastian Vettel durante o Grande Prêmio do Bahrein, onde um problema de motor tirou-lhe uma vitória que parecia certa.
“Acho que toda vez que você se depara com um novo piloto com quem teve pouca experiência, é claro que o aborda com cautela. Você não sabe como eles se comportam, você não sabe se eles são erráticos, superagressivos, mais relaxados ou propensos a erros. Eu não tive tempo de acompanha-lo para avaliar, mas ele parece muito estável, muito justo, um piloto equilibrado. Durante a temporada, a gente verá. Ele não cometeu nenhum erro neste final de semana, então eu me aproximo dele da mesma forma que me aproximo de Sebastian. Cada piloto é um pouco diferente, dá mais espaço que outros, mas no momento não tive uma batalha de roda a roda com ele. Descobri que, em algum momento, tenho certeza de que teremos algumas batalhas de roda a roda ao longo do ano”, analisou Hamilton.

Verstappen espera muitas ultrapassagens

Max Verstappen espera muitas oportunidades de ultrapassagem durante o próximo Grande Prêmio da China.
“O Grande Prêmio da China é sempre bom para as corridas porque a pista lhe dá muitas oportunidades de ultrapassagem, então estou ansioso para ter uma corrida emocionante lá”, disse Verstappen na prévia do Grande Prêmio Chinês da Red Bull. .
“O primeiro setor é realmente bom porque você pode ter muitas linhas diferentes, através da longa direita, então pode ser bastante interessante durante a corrida, em termos de tentar ficar fora do ar sujo. ”
O seu colega de equipe, Pierre Gasly, diz que não está familiarizado com a pista em que correu pela primeira vez com a Toro Rosso em 2018. Ele espera melhorar seu desempenho no Bahrein, onde conquistou seus primeiros pontos como piloto da Red Bull.
“Estou muito animado para voltar a competir pela terceira rodada da temporada. A China não é realmente um lugar que eu realmente conheça bem e no ano passado foi minha primeira corrida lá, mas estou ansioso para voltar. Xangai é uma pista realmente especial, com as longas retas e a parte técnica do começo. Agora só precisamos manter as melhorias que fizemos de uma corrida para outra e esperamos que possamos encontrar algum desempenho e lutar por pontos ainda melhores. A Red Bull conquistou sua primeira vitória na China e a corrida deste ano também é o 1000º Grande Prêmio da F1, então será um final de semana especial”, comentou Gasly.