15/01/19

Hamilton aponta os principais rivais em 2019

Hamilton não nega sua pretensão de ser um dos melhores pilotos da história do automobilismo, depois de conquistar um quinto Mundial de Pilotos em 2018. Em março, ele começa a defender o título e tentar desfazer a diferença para o piloto de maior sucesso de todos os tempos da F1, Michael Schumacher.
E, numa previsão do que poderá acontecer na próxima temporada, o piloto inglês aponta seu principais rivais nessa pretensão.
Ele começa identificando a ameaça representada por Sebastian Vettel, que estará sob maior pressão após a chegada do astro em ascensão Charles Leclerc como seu novo companheiro de equipe. Mas, enquanto Vettel está determinado a não deixar Leclerc levar a melhor Hamilton sugere que estará olhando em sua própria garagem como um falcão. E, ao mesmo tempo em que menciona Valtteri Bottas, da Mercedes, como tendo potencial de arruinar suas esperanças de conquistar um sexto título, o britânico reserva uma menção especial à Red Bull também.
“Eu imagino que será Sebastian o meu principal rival, e Valtteri ao meu lado, mas a Red Bull … eles têm um ótimo carro, e foram muito fortes no final do ano. Eles terão um novo motor no ano que vem. Será que será capaz de competir com os nossos? Espero que sim, porque seria épico se a Red Bull pudesse realmente começar a se misturar conosco um pouco mais, nos fins de semana. Eles obviamente precisam melhorar sua confiabilidade, que teve uma grande queda no último ano. Então, há muitas áreas, mas eu realmente desejo a eles tudo de bom – e estaremos na competição com certeza”, disse Hamilton ao Formula1.com,
O especialista em F1, Tony Jardine, diz que o altamente promissor Max Verstappen poderia impedir Hamilton de subir ao nível de Schumacher.
“Acho que é possível”, ele disse ao Express Sport, quando perguntado se Hamilton pode igualar o recorde de Schumacher.
“Eu acho que é possível porque ele já está em 73, enquanto Schumacher tem 91 vitórias. Lewis assinou um novo contrato de dois anos e os regulamentos permanecerão praticamente os mesmos. As grandes mudanças na regulamentação não acontecem por dois anos, então haverá uma certa estabilidade. Quem vai apostar contra ele neste momento? Você pode olhar apenas para os jovens e promissores pilotos que podem ser a ameaça. E você começa com Verstappen. Ele é um talento precoce. Hamilton sabe absolutamente que Verstappen vai estar no mesmo nível nos próximos anos e está quase lá agora com cinco vitórias em Grandes Prêmios, mas ele tem que controlar sua cabeça quente”, comentou Jardine.