30/06/19

“Foi um duelo normal”, define Verstappen

Na entrevista coletiva, depois da corrida, Max Verstappen definiu a ultrapassagem sobre Leclerc como um duelo normal.
“Foi uma luta simples. Invertendo a situação, eu também teria ficado desapontado por ter perdido o primeiro lugar. Nós lutamos com a faca entre os dentes, mas não acho que tenha havido algo errado. Foi uma batalha normal, o resultado deve ser confirmado. Nós simplesmente duelamos. Se eles não nos deixarem competir, eles devem fechar a F1! ”
O piloto da Red Bull disse ter achado que tinha comprometido a sua corrida com a má largada, mas quando passou por Bottas percebeu que tinha chance de vencer.
“Depois de um começo assim, achei que a corrida já estava comprometida. Então comecei a me recuperar lentamente, mas quando cheguei ao segundo lugar, comecei a acreditar que poderia ganhar. Eu honestamente não esperava isso. Eu sabia que estava me recuperando, mas achei que seria difícil. Tudo dependeria da rapidez com que eu conseguia passar por Bottas e o quanto eu teria poupado os pneus. Tudo correu bem “.
Finalmente, Verstappen dedicou seu sucesso à Honda, que depois de dois anos amargos na McLaren, finalmente conseguiu voltar ao topo do pódio.
“Estou extremamente feliz pelo time e pela Honda. Começamos a colaborar este ano e ganhar aqui é incrível “.