01/02/19

Ferrari e McLaren revelam som dos motores

Com poucas horas de diferença, a Ferrari e a McLaren ligaram, ontem, os motores de 2019 e divulgaram vídeos nas redes sociais para espalhar o som da novas unidades de potência.
A Ferrari ligou seu novo carro na fábrica de Maranello, sob supervisão do seu novo chefe, Mattia Binotto. A escuderia italiana informou que o novo motor foi ligado pela primeira vez encaixado ao chassi do novo carro. Até então, a unidade motriz só havia sido ligada no dinamômetro, onde são feitos os testes antes de ir para o carro.
O novo carro, chamado internamente de 670, era apenas um chassi mais cru no momento, pois a carenagem e aerodinâmica ainda estão em desenvolvimento e em construção, poucos dias antes do lançamento do modelo, que será no dia 15 de fevereiro.
Esse foi um passo importante para a Ferrari ter uma primeira impressão acerca do funcionamento da unidade motriz, transmissão e suspensão traseira. A equipe planeja fazer um shakedown em Barcelona pouco antes do início dos testes de pré-temporada, que começa no dia 18 de fevereiro.
Como tem duas clientes, Haas e Sauber, era importante que a Ferrari pudesse testar sua unidade de potência, transmissão e suspensão traseira para assegurar que tudo estava funcionando.
A equipe divulgou um link em que é possível ouvir o som do novo motor:

https://formula1.ferrari.com/en/engine-sound-2019/

A McLaren, antes do lançamento oficial da equipe em sua fábrica de Woking, no dia 14 de fevereiro, lançou um vídeo que marca o nascimento do MCL34, modelo que tenta recuperar os ânimos, após uma decepcionante temporada de 2018. O curto vídeo, que foi postado no Twitter, mostra o time reunido observando a ligação, enquanto os engenheiros verificam os dados para garantir que tudo estivesse funcionando como planejado. Com Carlos Sainz também supervisionando, a equipe aplaudiu quando o procedimento foi concluído.
O vídeo da McLaren está em