17/04/19

Museu do Vaticano terá estátua de Senna

O papa Francisco recebeu esta manhã, uma escultura de bronze em homenagem a Ayrton Senna. O trabalho é obra de uma sobrinha do piloto e faz parte dos eventos para marcar o 25º aniversário da morte do piloto brasileiro. Embora seja um presente pessoal ao papa, a obra será levada ao museu do Vaticano.
Além da estátua, a irmã de Ayrton Senna, Bianca, entregou ao papa um capacete que seu irmão utilizou durante sua carreira de sucesso na Fórmula 1.
A escultura é uma ordem direta de Neyde Senna, mãe de Ayrton, à neta Paula Senna Lalli, que não pode participar da entrega por ter acabado de dar à lua.
A ideia de entregar o trabalho ao papa foi de Claudio Giovanonni, amigo pessoal da família Senna, com o objetivo de honrar os valores de Ayrton, pois a religião era um dos eixos de sua vida.
“Recebemos com grande orgulho a missão confiada a mim por minha avó, que queria retratar carinhosamente como o lembramos em família. Aceitei o desafio, reconhecendo a dificuldade da tarefa. A nossa família não costuma aprovar essas obras”, afirmou Paula em publicação do portal de notícias do Vaticano.
A escultura foi feita a partir de fotos e memórias. Paula também contou com a ajuda de parentes, que posaram para ajudar com as características de Ayrton que não eram tão claras através de imagens.