22/04/19

Ecclestone: Hamilton, melhor e pior da F1

Bernie Ecclestone afirmou que Lewis Hamilton, o pentacampeão mundial, é a melhor e a pior coisa da F1 na sua milésima corrida. Na véspera do GP de Xangai, Ecclestone argumentou que Hamilton era o “único personagem real” nas corridas de Fórmula 1 e que Sebastian Vettel, vencedor de quatro títulos mundiais, deixará o esporte se perder seu primeiro lugar na Ferrari.
Ecclestone, o presidente emérito do esporte, acredita que o piloto inglês de 34 anos ainda está subvalorizado por suas conquistas gerais.
“Não há razão para que ele não consiga”, respondeu Ecclestone, sobre se Hamilton irá eclipsar o recorde de sete títulos mundiais de Michael Schumacher.
“Lewis é super e não há dúvida sobre isso. Com o seu negócio de moda, é quase como se ele agora trata a Fórmula 1 como um hobby. Ele é o único personagem real que temos no esporte, e é uma pena que não haja dois ou três pilotos como ele. Lewis é a melhor e pior coisa que aconteceu na Fórmula 1. O melhor, porque ele é a Fórmula Um. O pior, porque ele leva muito da atenção para si e isso não é culpa dele. Eu não gostaria de pensar que alguém é maior que a Fórmula 1, mas ele é certamente maior do que qualquer um, até mesmo qualquer um dos times. Temos uma superestrela da Fórmula 1 na Inglaterra, mas nós o apreciamos? Provavelmente não.”
Vettel está tendo que lidar com o talento emergente do esporte, Charles Leclerc, o jovem monegasco que ameaça desmantelar seu status como o principal homem da Ferrari.
“Sebastian esperava ser o número um e obter esse apoio da Ferrari. Mas talvez ele agora esteja pensando que Charles vai ser o melhor piloto, e que ele terá que apoiá-lo. Ele não vai se mudar. Ele não vai deixar isso acontecer.”
Mas e se a decisão for retirada de suas mãos? “Sebastian iria parar, e eu não acho que seria necessário muito para que isso acontecesse. Se alguma coisa o perturbasse o suficiente, ele iria embora. Ele está feliz com sua família, perto de suas duas filhas e de sua esposa, então a última coisa que ele gostaria de fazer é irritá-las com a Fórmula 1”.