Publicidade
10/10/18

Briatore: Vettel é o seu próprio pior inimigo

O ex-chefe da equipe Renault, Flavio Briatore, acredita que toda a abordagem de Sebastian Vettel para vencer o campeonato nesta temporada está errada.

O piloto da Ferrari viu a posição que desfrutou no início deste ano desmoronar progressivamente por causa de erros, de estratégia por parte de sua equipe e um nível de desempenho cada vez menor de seu carro. Briatiore coloca a culpa pela derrota provável de Vettel na luta pelo título de 2018 na abordagem do piloto alemão às suas ambições no campeonato.

“Sebastian está cometendo muitos erros este ano, ele é seu maior inimigo”, disse o ex-chefe de F1, falando com Nico Rosberg no podcast “Beyond Victory” do campeão mundial de 2016.

“Acredito que a Ferrari neste momento é mais rápida que a Mercedes. Eles precisam explicar a ele que uma corrida é de 62 ou 64 voltas, não uma volta. Eu lembro que tivemos a experiência com o Fernando. Quando você vence o campeonato, às vezes terminar em terceiro é o bingo!”

Briatore lembra a atitude afoita de Vettel, em Monza,  quando ele colidiu com Lewis Hamilton na primeira volta da corrida – como um estudo de caso de sua fraqueza.

“É importante que você fique na pista, o acidente em Monza não fazia sentido. Você sabe que o carro está melhor, então apenas freie e vá para trás, você tem mais 60 voltas para se recuperar. Se você sair, você tem zero voltas para se recuperar. O objetivo é apenas colocar os pontos, não ganhar em todas as corridas. Um campeonato não é quantas corridas você ganha, é quantos pontos você tem.”

Briatore reconheceu no entanto que a Ferrari também deve ser responsabilizada pelo déficit atual de 67 pontos de seu piloto para Hamilton na classificação do campeonato.

“A equipe cometeu muitos erros nas últimas corridas, estratégia, etc … É difícil entender quando você tem a superioridade do carro