18/01/19

Brasileiro vence disputa virtual da McLaren

O piloto brasileiro Igor Fraga venceu a grande final do McLaren Shadow Project, que aconteceu no McLaren Technology Center, em Woking, na noite de quinta-feira e se tornou piloto de esportes virtuais da equipe inglesa.
Desde o seu início no verão passado até a grande final de ontem, o programa McLaren Shadow teve a participação de meio milhão de competidores, filtrados pelas várias etapas da competição.
A última corrida foi disputada entre três finalistas. Os competidores utilizaram o rFactor 2, na pista virtual de Sebring com o Mclaren 720s GT3, para decidir o vencedor. Foram 12 voltas de muita tensão entre os três classificados no traçado americano, em que o mineiro liderou do começo ao fim.
“Além do jogo, os finalistas passaram por rigorosos testes de desempenho humano pela equipe da McLaren Applied Technologies”, disse a McLaren em seu site.
“A equipe avaliou os finalistas em sua resistência física e mental e desempenho no simulador automotivo da McLaren, além de testar suas habilidades de corrida no mundo real durante um dia de pista no Dunsfold em um carro McLaren 570S GT4.”
Fraga será admitido na equipe oficial de e-Sports da McLaren Shadow e terá acesso ao programa de desenvolvimento de e-Sports do grupo para aprimorar suas habilidades e trabalhar com a equipe de F1.
“Ganhar o McLaren Shadow Project é um sonho que se tornou realidade. A McLaren tem uma grande história e é uma equipe da qual eu tenho muito orgulho de fazer parte agora. Acredito que foi o meu desejo de vencer e o trabalho duro que coloquei dentro e fora da pista”.
A McLaren lembra que, uma figura bem conhecida em corridas virtuais, Fraga não é estranho a corridas da vida real, tendo ganhado vários títulos de kart no Brasil. Ele também terminou recentemente em quarto lugar no USF2000 Championship, nos EUA.
“Parabéns a Igor, estamos ansiosos para recebê-lo na família McLaren e colocá-lo no ritmo. Este ano, a McLaren reforçou seu compromisso com o e-Sports e o número fenomenal de inscrições, mais de meio milhão, prova que nossos instintos estavam corretos – o e-Sports amplia o envolvimento no automobilismo e enriquece nossa paixão pelo esporte”, disse o chefe da McLaren, Zak Brown