27/10/19

Binotto admite erro de estratégia da Ferrari

Mattia Binotto, chefe de equipe da Ferrari, fez autocrítica e reconheceu os erros de estratégia da Scuderia, na corrida México. Admitiu que a melhor opção para a vitória teria sido uma só parada. Leclerc e Vettel, líderes do grid, não transformaram a dobradinha em vitória, devido a um erro estratégico com o alemão e uma parada defeituosa do monegasco.
“Na verdade, creio que tínhamos ritmo hoje. Foi uma longa corrida e tinha que gerir os pneus. Acredito que a estratégia de uma parada só seria a correta. Afinal, entendemos que temos o ritmo e esperamos usá-lo nas próximas corridas” ele disse ao Fox Sports. .
O erro mais evidente da Ferrari foi com Vettel. Os italianos inventaram uma estratégia durante a corrida e mantiveram o alemão na pista depois de uma única parada de Hamilton. O muro da equipe esperou que os pneus da Mercedes se deteriorassem para chamar o alemão ao box. Mas o pentacampeão encontrou um bom ritmo, com a temperatura ideal para seus pneus duros, e garantiu o triunfo.
“Nós olhamos o timing e os setores para tentar deixar Vettel em bia posição. Queríamos que ele tivesse pneus mais frescos no final, porque, quando se persegue um carro, a borracha superaquece e isso complica as coisas”.
Com Leclerc, a decisão de uma segunda parada seria lógica. O monegasco se arriscava a perder a posição para Albon. Mas uma péssima parada o fez perder mais de cinco segundos e com eles qualquer opção de vitória.
“No caso de Leclerc não havia muito mais a fazer. Não podíamos ficar fora e temos que entender por que os pneus não funcionaram no segundo stint. Então, não fossem os segundos perdidos com a parada nos boxes, ele estaria perto dos primeiros”, declarou Binotto à Sky Itália”. (Informações do soymotor,com).