12/08/19

A Red Bull rebaixa Gasly e promove Albon

Red Bull tornou oficial que Alexander Albon será o novo parceiro de Max Verstappen no Grande Prémio da Bélgica de 2019, enquanto Pierre Gasly voltará à Toro Rosso para se juntar a Daniil Kvyat. Gasly, 23 anos, é sexto no campeonato com 63 pontos. O companheiro de equipe Max Verstappen é o terceiro com 181. Na última corrida de Gasly, na Hungria – a corrida final antes de uma pausa no meio da temporada – ele terminou em sexto e foi superado por Verstappen, que terminou em segundo atrás do líder do campeonato, Lewis Hamilton.
O piloto francês tinha sido promovido à a equipe principal da Red Bull como substituto de Daniel Ricciardo em 2019, depois de ter impressionado em sua primeira temporada completa na F1 com a Toro Rosso no ano anterior.
De acordo com a equipe, ela está em uma “posição única de ter sob contrato quatro pilotos de Fórmula 1 talentosos que podem rodar entre a Red Bull e a Toro Rosso e usará as próximas nove corridas para avaliar o desempenho de Alexander para decidir quem dirigirá ao lado de Max em 2020”. Os quatro pilotos da folha de pagamento da equipe austríaca, exceto Max Verstappen, estão “em julgamento” com vistas à temporada de 2020 para ver quem receberá a segunda Red Bull.
O chefe da equipe da Red Bull, Christian Horner, disse que “Pierre realmente precisa ter um tempo durante o intervalo, refletir e levar as lições para a segunda parte do ano. Precisamos desesperadamente que ele tire mais do potencial do carro”.

Veja perfil de Alexander Albon em
https://bit.ly/2yR6PMl
O perfil de Pierre Gasly está em
https://bit.ly/2H0XoOT