03/11/19

A Hamilton basta o 8º lugar para ser hexa

Embora o companheiro Valtteri Bottas, o único que pode ameaça-lo, saia da na pole e ele largue da 5ª posição, Lewis Hamilton pode conquistar neste domingo, com duas corridas de antecipação, o título de hexacampeão da Fórmula 1. Se ele chegar em 8º, fazendo 4 pontos, manterá sobre Bottas uma vantagem de 53 pontos, que lhe garantirá título, mesmo que o companheiro vença as duas últimas corridas. Com o título, Hamilton superará Juan Manuel Fangio e só ficará atrás de Michael Schumacher, que que é heptacampeão.
Mas apesar de situação folgada, o piloto inglês não ficou satisfeito com o seu desempenho na sessão de qualificação deste sábado. Admitiu que não conseguiu tirar o melhor do seu carro, que, na opinião dele, tinha potencial para estar na primeira fila.
“O carro tinha potencial para estar na primeira fila e eu simplesmente não fiz isso. É culpa minha e vou tentar corrigir. Na verdade, não tem nada a ver com o carro. Fui eu; não fiz as voltas, não encaixei”, afirmou Hamilton, em tom de lamentação
O britânico garante não estar pensando no título. “Sinceramente, estou tentando não pensar muito nisso agora. Só quero tentar digerir o que acabou de acontecer e seguir em frente logo mais”, declarou em entrevista coletiva.
O piloto inglês foi acusado por Max Verstappen de ter prejudicado outros pilotos na Q2. De acordo com o holandês, Hamilton atrapalhou sua última tentativa de volta rápida e a investida do russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, que buscava avançar à Q3.. Na tentativa de se livrar do piloto russo, o pentacampeão, acabou travando os pneus e teria atrapalhado tanto Verstappen quanto Kvyat.
“Estávamos indo para a tentativa final, chegando à última curva. O primeiro a passar foi Vettel, depois Leclerc e aí tive Kvyat na minha frente. Todos estavam diminuindo a velocidade, mas Lewis passou como se ninguém estivesse lá, como se não se importasse. Então eu fiquei tipo ‘se você não se importa, eu não me importo’. Eu queria recuperar minha posição, porque todo mundo está se respeitando nesse ponto para começar a volta. É por isso que foi por um triz”, continuou o holandês.
O piloto da Red Bull precisou desviar e colocar seus pneus na terra para não colidir com a Mercedes do pentacampeão e reclamou:via rádio: “Lewis ferrou todos nós”.
Kvyat, que acabou ficando de fora da Q3 , também acha que Hamilton desencadeou “a confusão”, mas ficou intrigado com o comportamento dos dois pilotos. “Não sei o que eles estavam fazendo, foi bastante desnecessário. E acho que foi Lewis quem desencadeou isso. Não importava para ele, porque já estava garantido no Q3, mas importava para mim. No final, ele tentou ser o primeiro a abrir a volta, mas começou o giro atrás de nós dois, então não entendi o que ele queria”. (Com informações do motorsport.com)