23/03/19

Wolff espera que as novas regras de 2021 saiam até junho

O chefe da Mercedes, Toto Wolff acha importante que as regras da Fórmula 1 para 2021 sejam definidas o mais tardar em junho.
As equipes estão interessadas em conhecer as regras o mais rápido possível e Wolff pede que a Fórmula 1 cumpra seus prazos e não se atrase em relação ao prazo de junho mencionado por Chase Carey. O chefe da Mercedes insistiu em seu apoio ao teto orçamentário e instou a Liberty Media, a esclarecer o futuro do esporte em breve.
“Eu acho que há um certo otimismo nas negociações e todos nós queremos saber como vai ser 2021. A Mercedes está interessada em encontrar um limite de gastos, respeitar os valores corretos que fazem sentido para todos”, disse Wolff para o portal norte-americano Motorsport.com.
“O regulamento é obviamente outro grande passo para 2021, então será importante não exceder o prazo de junho, vamos ver como será na próxima semana, mas parece haver um ambiente positivo”, completou Wolff.
Na próxima terça-feira o Grupo de Estratégia e da Comissão da F1 vai se reunir e o presidente da FIA, Jean Todt, diz esperar que progresso seja feito.
Wolff está otimista com as perspectivas desse encontro, e aceitou que um limite de custo – que afetará as três grandes equipes – seja uma parte fundamental do pacote.
“Eu sinto que há algum empenho no processo”, disse Wolff. “E todos nós estamos interessados em ver como 2021 vai ser.”
Wolff diz que sua equipe aceitará um teto de custo se for viável: “a Mercedes certamente está interessada em ter um limite de custo implementado, nos níveis certos, que faça sentido para todos. E os regulamentos são obviamente outro grande bloco e isso é importante fazer até junho. Então vamos ver como vai a próxima semana, mas o que eu ouço está me deixando otimista.”
O chefe da equipe da Racing Point, Otmar Szafnauer, concordou que o teto de custo é uma das principais questões que precisam ser resolvidas o mais rápido possível.
“O tempo está passando, então será muito bom começar a descobrir o que vai acontecer”, disse ele ao Motorsport.com. “Estamos felizes com o limite de custo que foi proposto antes”.
“Eu acho que em segundo plano há coisas acontecendo, há um quadro de como policiar um limite de custos. Isso tudo está acontecendo. Então as pessoas estão trabalhando nisso.”