12/04/19

Vettel bate Hamilton no primeiro treino para o GP da China

Sebastian Vettel, da Ferrari, foi o mais rápido no primeiro treino livre para o Grande Prêmio da China, a milésima corrida da história da Formula 1, a ser disputada no domingo, às 2 e 10 no horário de Brasília. Aos 60 minutos da prática, o piloto alemão, com pneus médios, fez o tempo de 1m33s991 e ficou à frente de Lewis Hamilton, da Mercedes, que pouco antes, com pneus macios, tinha feito 1m34s118. Charles Leclerc, Max Verstappen e Valtteri Bottas colocaram-se a seguir.

Com tempo bom, temperatura ambiente de 16 graus e de 32 na pista, nos primeiros 5 minutos de treino Pierre Gasly, George Russel, Romain Grosjean, Antonio Giovinazzi, Kevin Magnussen, Daniil Kvyat e Lance Stroll foram os primeiros a ir para a pista, mas apenas para volta de instalação. Aos 7 minutos, todos eles se recolheram aos boxes para acertos nos carros, só voltando por volta dos 20 minutos.

Kubica foi o primeiro a ter tempo registrado, fazendo, com uso do DRS, 1m41s339. Em seguida, Lando Norris marcou 1m38s250. Vettel foi para a pista aos 26 minutos e na primeira volta lançada marcou 1m35s988, seguido de Magnussen, com 1s36s565; Grosjean, 1n37s310; Carlos Sainz, 1m37s619 e Alexander Albon, 1m38s205.

Os carros da Mercedes só deixaram os boxes aos 25 minutos de treino e, dois minutos depois, Hamilton fez 1m35s572, enquanto Bottas marcava 1m35s696. Ambos foram superados por Vettel, que na segunda tentativa, aos 33 minutos, chegou a 1m35s523. Verstappen também passou à frente das Mercedes, com 1m35s513, aos 35 minutos.

Aos 37 minutos, Hamilton recuperou a liderança, com 1m35s102; Bottas fez 1m35s145, mas aos 39, Verstappen pulou para o º lugar, com 1m35s377.

Por volta dos 40 minutos, todos os carros foram para os boxes e só voltaram 10 minutos depois. Russel foi o primeiro a fazer volta rápida nessa segunda fase do treino, com 1m37s619, seguido de Daniel Ricciardo, que com 1n35s289, tomou a 3ª posição de Verstappen.

Aso 60 minutos, Hamilton baixou seu tempo para 1m34s118, mas na terceira volta lançada registrada, Vettel cravou 1m33s911, tempo que prevaleceu até o final. Essa marca esteve ameaçada aos 68 minutos, quando Verstappen foi mais rápido nos primeiros e segundo setores, mas falhou no último e ficou em 1m34s334.

Nos últimos 20 minutos, os pilotos fizeram simulação de corrida, com tanque cheio e os tempos subiram bastante. Hamilton fez 1m39s022 e 1m40s226; Bottas, 1m39s546 e Daniel Ricciardo, 1m40s338.

Charles Leclerc treinou com a mesma unidade de potência que lhe roubou a vitória no Bahrein. Na volta de instalação, a Red Bull testou a asa traseira. A Toro Rosso detectou um problema de alinhamento na coluna de direção de Daniil Kvyat. Antonio Giovinazzi, que completou duas voltas por causa de um problema técnico no motor do C38. Todos pilotos usaram capacetes com alguma alusão à milésima corrida da história da Fórmula 1.

A classificação desse primeiro treino ficou assim:

Posição Piloto Equipe Tempo Voltas
Sebastian Vettel Ferrari 1m33s911 19
Lewis Hamilton Mercedes 1m34s118 21
Charles Leclerc Ferrari 1m34s167 21
Max Verstappen Red Bull 1m34s334 20
Valtteri Bottas Mercedes 1m34s653 23
Daniel Ricciardo Renault 1m35s239 23
Pierre Gasly Red Bull 1m35s428 23
Daniel Kvyat Toro Rosso 1m35s447 24
Lance Stroll Racing Point 1m35s466 25
10º Romain Grosjean Haas 1m35s507 24
11º Kevin Magnussen Haas 1m35s517 25
12º Nico Hulkenberg Renault 1m35s591 22
13º Lando Norris McLaren 1m35s631 24
14º Alexander Albon Toro Rosso 1m35s695 26
15º Kimi Raikkonen Alfa Romeo 1m35s729 23
16º Carlos Sainz Jr McLaren 1m35s756 24
17º Sergio Perez Racing Point 1m35s820 24
18º Robert Kubica Williams 1m36s847 27
19° George Russel Williams 1m37s619 29
20º Antonio Giovinazzi Alfa Romeo sem tempo 2