15/04/19

Mercedes está perto de um recorde histórico na Fórmula 1

Depois de três dobradinhas consecutivas nas três primeiras corridas do ano, a Mercedes igualou o recorde da Williams e pode superá-lo no Azerbaijão, lembra o portal motorsport.com
A equipe alemã iniciou a temporada deste ano com três dobradinhas e 130 pontos dos 132 possíveis, perdendo apenas as duas voltas mais rápidas no Bahrein e na China. Com isso, igualou o melhor início de uma equipe na história do mundial de Fórmula 1. Em 1992 a Williams também conquistou três dobradinhas nos GPs da África do Sul, México e Brasil, com Nigel Mansell e Riccardo Patrese.
O resultado de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas em Xangai abre espaço para algo inédito na F1 a partir da próxima etapa. Jamais uma equipe fez quatro dobradinhas seguidas nas quatro primeiras provas do mundial de Fórmula 1 em toda a história.
Por isso, apesar de ter ficado atrás da Ferrari na pré-temporada e de ter quase perdido no Bahrein, após Charles Leclerc ser vítima de uma falha de seu motor, o novo W10 pode passar a figurar na história do mundial.
O GP da China também marcou a 199ª corrida seguida da F1 com um motor Mercedes pontuando. A última vez que um motor Mercedes não somou nenhum ponto foi no GP do Japão de 2008.
Num levantamento do portal stats.com. a Mercedes é a equipe com mais vitória em um ano, com 16 em 21 corridas, em 2016, numa porcentagem de 90,48%. Mas a equipe de Lews Hamilton é também a de maior intervalo entre duas vitórias, 56 anos, 7 meses e 4 dias desde o GP da Itália de 1955 ao GP da China de 2012, incluindo o período em que esteve fora da F1.
A Ferrari é a equipe com maior número de vitórias na história da F1, 235, e com mais vitórias consecutivas, 20, .de 1994 a 2014. A McLaren tem o maior número de vitórias consecutivas, 11, do GP do Brasill ao GP da Bélgica
de 1988, e a maior porcentagem em um ano, 15 vitórias em 16 corridas, com 93,75%, em 1988. No total, 34 equipes ganhartam GPs; a primeira foi a Alfa Romeo, no GP da Inglatterra de 1950 e a que mais disputou foi Jordan, com 127 corridas.