25/04/19

Marko volta atrás e nega que a Honda vai ter 20hp a mais

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, voltou atrás nas suas declarações e admitiu que os novos motores Honda que serão fornecidos para Max Verstappen, Pierre Gasly, Alex Albon e Daniil Kvyat para o Grande Prêmio do Azerbaijão não terão um aumento de 20 cavalos, como afirmou anteriormente.
Marko disse há algumas semanas que a equipe estaria recebendo uma injeção de 20bhp de ritmo através de novas unidades de energia, mas agora recuou.
“Os 20 cavalos de potência que estão sendo mencionados agora não estão corretos. É menos que isso. Podemos, no entanto, usar o motor por mais tempo sem comprometer a confiabilidade”, disse o austríaco à Auto Bild.
Nas próximas duas corridas a Red Bull fará a sua primeira rodada de upgrades com a Honda levando um novo motor para Baku e depois o tradicional pacote aerodinâmico chegando para o Barcelona em duas semanas.
O chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner, diz esperar que o desempenho das três melhores equipes do campeonato equiparem até o meio da temporada.
“Nosso objetivo este ano foi sobre fechar a diferença para Mercedes e Ferrari e estamos fazendo isso. Na China, dividimos com as Ferraris e estamos, certamente, mais próximos do ritmo da Mercedes”, comentou Horner.
Depois das três primeiras etapas do campeonato a Red Bull recua das grandes metas, estabelecidas particularmente pelo conselheiro Helmut Marko.
“Acho que fazer isso é uma perda de tempo”, disse Horner, sobre previsões de vitória ou pódio.
“Meu ponto de vista sempre foi você olhar para ver como o carro pode ser mais rápido e qual a maneira mais rápida de chegar lá. E isso varia de corrida para corrida. Foi a Ferrari no Bahrein e foi a Mercedes, na China, e, obviamente, todos estão trabalhando duro para fechar essa lacuna. Dizer que esta corrida ou estas corridas ditam a história é uma falácia”, completou Horner.