19/05/19

Lewis Hamilton pede carros da F1 mais difíceis de dirigir

O atual campeão mundial Lewis Hamilton quer carros de F1 “mais duros” e a Fórmula 1 mais desafiadora para os pilotos. O pentacampeão mundial acha que os pilotos de Fórmula 1 deveriam estar “massivamente esgotados” após as corridas e quer que os carros sejam mais difíceis de dirigir a partir de 2021. Ele sugeriu que uma maneira de conseguir isso seria remover a direção hidráulica.
Hamilton fez seus comentários em resposta a uma pergunta sobre quantas vezes os pilotos de F1 são testados em drogas, ressaltando que, ao contrário dos participantes de outros esportes, eles teriam pouco a ganhar quebrando as regras.
“O teste de drogas é aleatório, pode ser até três vezes por ano, às vezes é menor”, disse ele. “Este não é um esporte em que você precisa fazer algo. Não é como ciclistas, por exemplo, que precisam de mais sangue fluindo pelo coração ou mais oxigênio. Nós não somos fatigados. Honestamente, os carros não são duros o suficiente para dirigir, eles deveriam ser mais físicos. Eu acho que em 2021 eles precisam se livrar de (certos auxiliares de piloto) não tendo muita direção hidráulica, por exemplo. Você deve estar fisicamente, massivamente esgotado depois. Eu acho que é assim que um esporte deveria ser. ”
Hamilton apontou que a F1 devia ser tão resistente quanto outros esportes de alto nível, que exigem esforços físicos substanciais dos competidores.
“Os jogadores de tênis terminam no final do jogo extenuados, especialmente depois de quatro horas. Ciclistas devem estar mortos após o Tour de France, por exemplo. Eu sinto que deve ser assim. Mas é menos sobre esse lado físico nos dias de hoje, é por isso que vemos uma pessoa de 18 anos entrar, sem problemas. Este não deveria ser o caso”.