11/01/19

Arrivabene poderá ser o chefe de uma nova equipe Sauber

Depois de rumores de que ele iria para o clube de futebol Juventus, parece que a carreira de Maurizio Arrivabene, ex-chefe de equipe da Ferrari vai tomar outro rumo. A informação é de que possivelmente ele continuará na Fiat e passará a se relacionar com a Sauber. Internamente se pensa em mudar o nome da equipe suíça para Alfa Racing, convertendo-a em fabricante, em vez de cliente da Ferrari. E Arrivabene seria o coordenador entre a filial da Fiat e a fábrica de Hinwill, segundo informa a revista alemã Auto Bild.
Na sua edição em espanhol a revista alemã publica:
“Embora Maurizio Arrivabene não vá dirigir a equipe Ferrari de Fórmula em 2019, depois de quatro anos em que não cumpriu seus objetivos esportivos, o italiano poderia continuar ligado à categoria na próxima temporada. Segundo informam nossos companheiros alemães de Auto Bild Motorsport, Arrivabene poderia ocupar um cargo de responsabilidade na equipe Alfa Romeo Sauber F1. O interesse do Grupo Fiat de que a escuderia suíça com patrocínio da fábrica italiana de automóveis cresça a nível esportivo é muito forte e por isso facilitou que conte com uma dupla de pilotos competitiva. Além disso, contratou o engenheiro Simone Resta, que trabalhava com a equipe Ferrari e influiu na melhoria constante da Alfa Romeo Sauber F1. Maurizio Arrivabene potencializaria o vínculo entre as equipes Ferrari e Alfa Romeo e continuaria perto de ambas escuderias”.
A nova informação surgiu depois de reunião de Arrivabene com Andrea Agnelli, na qual se trataria da nomeação do primeiro como diretor comercial da Juventus, mas, na verdade se falou dos novos planos.
A Sauber progrediu enormemente em 2018, graças ao apoio da Alfa Romeo e Kimi Raikkonen acredita que podem conseguir grandes coisas juntos.
“A posição em que estamos será vista quando começarmos a pilotar os novos carros e trabalhar a partir daí. Obviamente, é um desafio diferente, mas o resultado será diferente também. Se perguntar às pessoas, haverá muitas opiniões diferentes sobre como será, mas vamos descobrir e fazer o melhor que possamos. Creio que temos uma boa oportunidade de fazer coisas estupendas. Aonde vamos chegar? Quem sabe? Trata-se de uma equipe muito menor em comparação com a onde estive, mas tenho muita vontade. Vai ser diferente em muitos aspectos, mas o objetivo segue sendo o mesmo: fazer o melhor nas corridas. Oxalá seja bom para ambas as partes. Tenho boas sensações e estou emocionado”, declarou o piloto finlandês.