29/03/19

A Ferrari domina o 1º dia de treinos para o GP do Bahrein

A Ferrari se impôs amplamente à Mercedes, sua principal oponente, e dominou o primeiro dia de treinos para o Grande Prêmio do Bahrein, a ser disputado no domingo, a partir das 12 e 10 do Brasil, com transmissão da TV Globo.

A equipe italiana liderou o primeiro treino, com Charles Leclerc, superando Sebastian Vettel, com o tempo de 1m30s354, contra 1m30s317 do alemão. No segundo treino, Vettel reagiu e as posições se inverteram; Vettel foi mais rápido, com 1m28s846, com 0s035 à frente do companheiro.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, da Mercedes, ocuparam as 3ª e 4ª posições e a surpresa foi o 5º lugar de Nico Hulkenberg, da Renault, que com 1m29s69, passou Max Verstappen, da Red Bull, o 6º colocado, com 1m29s725.

Kevin Magnussen, da Haas, Lando Norris, da McLaren, Romain Grosjean, da Haas, e Daniil Kvyat, da Toro Rosso, completaram o Top 10. Todos os 10 primeiros com pneus macios.

Com problemas nas unidades de potência, as duas Alfa Romeo participaram apenas de metade da sessão, com Kimi Raikkonen terminando em 16º e Antonio Giovinazzi sendo o 18º. Daniel Ricciardo, da Renault, também teve atuação apagada, terminando em 15º.

O segundo treino começou com temperatura ambiente de 24 graus e na pista no período noturno, a temperatura baixou de 30 para 28 graus. Assim que a bandeira verde foi agitada, quase todos os carros foram para a pista com pneus médios. Kimi Raikkonen foi o primeiro a tentar volta lançada, mas rodou ao antecipar a freada na curva 2 e teve de abortar a tentativa.

Ricciardo foi o primeiro a ter o tempo registrado, fazendo 1m32s932. Em seguida, Vettel marcou 1m30s610 e Leclerc passou na frente dele, com 1m30s203. Aos 14 minutos, Verstappen também superou Vettel com1m30s295 e os dois foram passados para trás por Bottas, com 1m30s124, e Hamilton, com 1m30s274.

Aos 29 minutos, Vettel reassumiu a ponta da classificação, com 1m28s942 e Leclerc o seguiu, com 1m29s083. Aos 30 minutos, os 10 primeiros eram Vettel, Leclerc, Bottas, Hamilton, Verstappen, Gasly, Sainz, Magnussen, Hulkenberg e Norris. Aos 35, Hamilton fez 1m29s449, para tomar a terceira posição de Bottas, que balançou na curva e abortou a sua volta. Na nova tentativa, o finlandês marcou 1m29s557 e garantiu o 4º lugar. A essa mesma altura, Hulkenberg deu uma volta surpreendente de 1m29s669 e garantiu o 5º lugar. Nas suas últimas voltas lançadas, com pneus macios, Vettel estabeleceu o tempo final de 1m28s846, e Leclerc o de 1m28s881.

A partir dos 50 minutos, todos os pilotos passaram a fazer simulação de corrida, com tanque cheio, ensaio de largada e troca de pneus, em longos stints, ficando na casa dos 35 segundos por volta. Aos 68 minutos, Vettel rodou na entrada da curva 3, ao atacar a zebra, mas retomou a volta sem problemas.

A classificação do segundo treino ficou assim:

Posição Piloto Equipe Tempo Voltas
1º’ Sebastian Vettel Ferrari 1m28s846 32
Charles Leclerc Ferrari 1m28s881 32
Lewis Hamilton Mercedes 1m29s449 33
Valtteri Bottas Mercedes 1m29s557 36
Nico Hulkenberg Renault 1m29s669 32
Max Verstappen Red Bull 1m29s725 34
Kevin Magnussen Haas 1m30s000 33
Lando Norris McLaren 1m30s017 25
Romain Grosjean Haas 1m30s068 34
10º Daniil Kvyat Toro Rosso 1m30s093 36
11º Carlos Sainz McLaren 1m30s192 33
12º Pierre Gasly Red Bull 1m30s429 31
13º Alexander Albon Toro Rosso 1m30s458 36
14º Sergio Perez Racing Point 1m30s716 32
15º Daniel Ricciardo Renault 1m30s848 30
16º Kimi Raikkonen Alfa Romeo 1m31s088 6
17º Lance Stroll Racing Point 1m31s129 31
18º Antonio Giovinazzi Alfa Romeo 1m31s144 10
19º George Russel Williams 1m31s904 32
20º Robert Kubica Williams 1m32s932 37