21/02/19

Nico Hulkenberg, da Renault, faz melhor tempo da semana

Nico Hulkenberg, da Renault, com o RS19, acabou sendo o mais rápido dos quatro dias de treinos da pré-temporada da F1, encerrados hoje, em Barcelona. Numa simulação de qualificação, com compostos C5, o mais rápido da Pirelli, ele marcou, à tarde 1m17s393, superando o tempo de m17s637, obtido pela manhã por Alexander Albon, que era, até então o melhor tempo da semana. O terceiro lugar foi para Daniel Ricciardo, que também utilizando o
O quarto e quinto lugares foram para os dois pilotos da Mercedes, Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, que pela primeira vez nesta semana usaram os pneus mais macios. Bottas fez sua volta mais rápida em 1m17s857, também com o composto C5, e Hamilton usou o C4 para chegar a 1m17s977. Devido às simulações, a Mercedes ficou atrás da quilometragem do dia anterior e rodou hoje apenas 115 voltas. No geral, Hamilton e Bottas completaram 610 voltas. A Ferrari chegou a 598.
Charles Leclerc foi quem mais deu voltas nesta quinta, e terminou o dia como o sexto colocado. O piloto que liderou o segundo dia de teste, conseguiu as melhores marcas da Ferrari com o composto C2, 1m18s475, num stint de 11 voltas, e 1m18s046, como C3, em 14 voltas. À tarde ele efetuou várias corridas de 20 voltas, como composto C3, num ritmo médio de 1m22s562.
Lando Norris, da McLaren, o 7º colocado, fez uma simulação de corrida completa, a primeira que a equipe faz com êxito, pois na véspera Carlos Sainz teve que parar antes do previsto, por um problema no escapamento. O inglês começou com 17 voltas com o C2, continuou com mais 19, mas outro jogo de C2, e terminou com uma simulação de qualificação, com o C4, para marcar 1m18s431, o melhor resultado do MCL34 até então.
A Williams completou seu primeiro dia inteiro de testes com George Russell em 13º e Robert Kubica em 14º e último lugar, realizando apenas 65 voltas – 17 delas à tarde com o britânico na parte da tarde.

A classificação final do 4º dia de testes foi a seguinte:

1- Hulkenberg – Renault – 1m17s393 (C5) – 24 voltas
2- Albon – Toro Rosso – 1m17s637 (C5) – 136
3- Ricciardo – Renault – 1m17s585 (C5) – 34
4- Bottas – Mercedes – 1m17s857 (C5) – 57
5- Hamilton – Mercedes – 1m17s9779 (C4) -58
6- Leclerc – Ferrari – 1m18s046 (C3) – 138
7- Norris – McLaren – 1m18s431(C4) – 132
8- Giovinazzi – Alfa Romeo – 1m18s511(C3) – 154
9- Grosjean – Haas – 1m18s563 (C3) – 64
10- Magnussen – Haas – 1m18s720 (C3) – 66
11- Gasly – Red Bull – 1m18s780 (C3) – 146
12- Stroll – Racing Point – 1m19s664 (C2) – 72
13- Russel – Williams – 1m20s977 (C3) – 17
14- Kubica – Williams – 1m21s542 (C2) – 48

O novato Albon foi o mais rápido de manhã

O nova Alexander Albon, da Toro Rosso foi o mais rápido da manhã quarto dia de trinos no circuito de Barcelona. Em uma simulação com o STR14, e o composto C5 da Pirelli, o mais duro de todos, ele fez 1m17s637, superando o tempo de Daniil Kvyat de 1m17s762. Minutos antes, Daniel Ricciardo, com os mesmos compostos, com o Renault RS19, tinha marcado 1m17s785.

A Mercedes, finalmente, mostrou um pouco de ritmo após ficar na lanterna dos treinos desta semana, colocando o britânico Lewis Hamilton em terceiro lugar. Foi a primeira volta abaixo de 1min18s do time nesta semana, que fez o atual campeão mundial se colocar à frente da Ferrari do monegasco Charles Leclerc, quarto colocado.
Leclerc foi quem mais deu voltas nesta quinta, com 75 ao todo, com Romain Grosjean, da Haas, atrás com 64 e Hamilton com 58.
O italiano Antonio Giovinazzi, fechou o top 5 com a Alfa Romeo, um dia depois de seu companheiro Kimi Raikkonen liderar a manhã e ficar em segundo ao final da quarta-feira.
Depois de rodar no início do treino e provocar uma bandeira vermelha, Lando Norris foi o oitavo, logo à frente de Lance Stroll, da Racing Point, que também causou uma bandeira vermelha nesta primeira parte do treino.
Retornando ao posto de piloto oficial em um teste de pré-temporada, Robert Kubica levou à pista o novo FW42 da Williams, que treinou pela primeira vez apenas na última quarta. O polonês foi o último, com o tempo de 1min21s542 na mais veloz de suas 48 voltas. A sessão marcou seu retorno ao teste de pré-temporada da F1 como piloto oficial de uma escuderia desde 2011.
O treino começou 9h00 CET (5 horas no Brasil), e apenas 5 minutos depois os comissário acenaram a bandeira vermelha. O causador foi Lando Norris, que perdeu o controle de sua McLaren MCL34 na curva 5. Ele evitou o muro, mas foi parar na brita e precisou da ajuda de um guindaste. Foi a primeira e única interrupção.
Com a retomada da sessão, os pilotos voltaram ao trabalho. Um dos mais ocupados foi Robert Kubica. O polonês rodou carregando sensores durante as duas primeiras horas de teste, a fim de contribuir para a preparação de um carro cuja montagem terminou menos de 48 horas antes.
Lewis Hamilton começou com pneus C2, com o qual fez uma 1m18s800 para ficar 325 milissegundos fora o melhor registo da Ferrari com esse composto. Em seguida, mudou para C3, com a qual caiu para 1m18s518 -472 milésimos mais lentos que a Ferrari. Finalmente, ele usou o C4 para terminar com um 1m17s977. Valtteri Bottas irá substituí-lo na parte da tarde.
Charles Leclerc assumiu o volante do Ferrari SF90, depois Sebastian Vettel, ontem. Ele manteve o progresso dos últimos dias e estabeleceu as melhores marcas da Scuderia, com 1m18s475, com o C2 em 11 voltas e 1m18s046, com o C3, em um stint de 14 voltas.
A McLaren proporcionou uma manhã de poucos quilômetros para o jovem Lando Norris. O britânico completou 44 voltas com um melhor tempo de 1m19s543, com cursos de curta duração e ausências prolongadas. Em uma rodada na curva 5, ele causou uma bandeira vermelha, porque, embora estivesse lento, a baixa temperatura da pista o fez rodar ao acelerar.

A classificação da manhã ficou assim:

1 – Albon – Toro Rosso – 1m17s637 (C5) – 44 voltas
2 – Ricciardo – Renault – 1m17s785 (C5) – 34
3 – Hamilton – Mercedes – 1m17s977 (C4) – 58
4 – Leclerc – Ferrari – 1m10s046 (C3) – 75
5 – Giovinazzi – Alfa Romeo – 1m18s511(C3) – 56
6 – Grosjean – Haas – 1m18s563 (C5) – 64
7 = Gasly – Red Bull – 1m19s495 (C3) – 52
8 – Norris – McLaren – 1m19s543 (C3_ – 41
9 – Stroll – Racing Point – 1m20s026 (C3) – 41
10 – Kubica – Williams – 1m21s542 (C3)

Numeros finais da primeira semana de pré temporada

(com informações de Fabio Ribeiro Brandão,  do blog F1 – Formula 1 Brasil)

Número de voltas:
Pilotos:
1 Lewis Hamilton Mercedes 307 voltas
2 Valtteri Bottas Mercedes 303
2 Sebastian Vettel Ferrari 303
4 Charles Leclerc Ferrari 295
5 Alexander Albon Toro Rosso 268
6 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo 255
7 Kimi Raikkonen Alfa Romeo 251
8 Nico Hulkenberg Renault 247
9 Pierre Gasly Red Bull 238
10 Max Verstappen Red Bull 237
11 Lando Norris McLaren 236
12 Daniil Kvyat Toro Rosso 213
13 Carlos Sainz Jr. McLaren 209
14 Romain Grosjean Haas 197
15 Daniel Ricciardo Renault 186
16 Lance Stroll Racing Point 151
17 Kevin Magnussen Haas 125
18 Sergio Perez Racing Point 97
19 Pietro Fittipaldi Haas 61
20 Robert Kubica Williams 48
21 George Russell Williams 40

Equipes:
1 Mercedes 610 voltas
2 Ferrari 598
3 Alfa Romeo 506
4 Toro Rosso 481
5 Red Bull 475
6 McLaren 445
7 Renault 433
8 Haas 383
9 Racing Point 248
10 Williams 88

Motores:
1 Ferrari 1487 voltas
2 Honda 956
3 Mercedes 946
4 Renault 878