Publicidade

Industrialização

industrializacaoMuitos dos recursos que garantiriam conforto e segurança aos automóveis só começaram a aparecer entre 1908 e 1939.  Entre outras modernidades, a suspensão dianteira independente foi colocada pela primeira vez num modelo Lancia Lambda, de 1922 e o motor com sobrealimentação, uma espécie de turbo, foi introduzido na década de 20 pela Mercedes. Apareceram os sistemas de freios sobre as quatro rodas, depois os sistemas hidráulicos. Dessa época até os nossos dias, os fabricantes empenharam-se em aperfeiçoar os vários modelos que iam surgindo.

A primeira indústria que estabeleceu a produção em série foi criada em 1903 pelo norte -americano Henry Ford.  A Ford Motor Company  deu impulso a uma mentalidade comercial. A idéia era pensar o automóvel como objeto de consumo em larga escala. Para Henry Ford um carro tinha que ser forte, durável, prático e colocado no mercado com um preço razoável.

Henry  Ford construiu seu primeiro veículo em  1896, em Detroit. O primeiro automóvel Ford da história teve o nome de Quadriciclo. Com um motor a gasolina, o Quadriciclo foi montado sobre um chassi com quatro rodas de bicicleta, tinha apenas 2 cilindros e 4 HP.

Os primeiros carros produzidos pela Ford tinham preços variando entre 750 e 2800 dólares. Muito caros para a maioria das pessoas. Somente com a criação do famoso Modelo T, conhecido como Ford Bigode, ou Lizzie, em 1908, é que Henry  Ford pode realizar seu sonho de construir um carro popular.

O Modelo T era forte e resistente. Era feito para ser consertado por ferreiros e durar praticamente para sempre. O Ford Bigode foi projetado para ser produzido em série, verdadeira produção em massa podendo atingir 2 milhões de unidades por ano. Sua alta produção, a partir de 1913, tornou seu preço baixo e até o final de sua produção, em 1927 mais de 15 milhões de modelos foram vendidos.

Henry Ford iniciou um período de produção em série e os anos que se seguiram foram de grande evolução da indústria automobilística em todo o mundo. A cada ano, novos modelos eram criados e novas técnicas desenvolvidas. Algumas inovações técnicas são mantidas nos carros atuais. No meio de tantos modelos, em 1936 nasceu um outro carro, que assim como o Modelo T de Ford , marcou época. Ferdinand Porsche criou o Volkswagen, cujo modelo principal, o besouro, ou Fusquinha, ainda hoje mantém as características iniciais.

Com a Segunda Guerra Mundial, a indústria automobilística voltou-se para a construção de carros militares. Foi só com o final da guerra que se acelerou o progresso dos automóveis. Atualmente, a principal característica da indústria de automóveis é a diversidade de tipos e modelos  fabricados por um grande número de empresas em todo o mundo.