Publicidade

GP Brasil 1982

A corrida brasileira de 1982, disputada no dia 21 de março, foi a redenção para Nelson Piquet. Com uma performance espetacular, Piquet fez todos se esquecerem do erro que cometeu no ano anterior. O brasileiro largou na sétima posição e na primeira volta ultrapassou dois adversários. Na quinta, passou pelo finlandês Keke Rosberg e subiu para o segundo lugar. À frente de Piquet, o endiabrado canadense Gilles Villeneuve, com Ferrari. Na volta 29, Piquet e Villeneuve correm emparelhados. Os dois carros chegam a se tocar.

O brasileiro controla seu Brabham e dispara num ritmo alucinante. Nelson Piquet venceu o Grande Premio do Brasil mas não levou os nove pontos das vitória. O Tribunal da Federação Internacional de Automobilismo Esportivo, Fisa, tomou o primeiro lugar de Piquet e o segundo de Rosberg porque os carros dos dois pilotos estavam abaixo do peso mínimo exigido. Com isso, a vitória ficou para o francês Alain Prost, da Renault.