Publicidade

GP Brasil 1975

Vinte e seis de janeiro de 1975. Parecia que desta vez o público que novamente lotou o autódromo de Interlagos não iria assistir à vitória de um piloto brasileiro. Desde os treinos de classificação o domínio pertencia aos velocissimos carros da Shadow. E a corrida prometia confirmar essa superioridade. Largando na polo-position, o francês Jean Pierre Jarrier abriu mais de um segundo por volta em relação aos outros pilotos.

Na metade da corrida, Jarrier tinha uma vantagem de 30 segundos em cima do segundo colocado, que já era José Carlos Pace, com um Brabham. Distante do primeiro lugar, Pace só venceria a corrida se o carro do piloto francês quebrasse. E foi isto que aconteceu a seis voltas do encerramento da prova. Um carro competitivo, calma e sorte deram ao brasileiro sua primeira e única vitória na Formula 1. A corrida marcou também a primeira dobradinha brasileira na história da categoria. Emerson Fittipaldi chegou em segundo lugar.