Japão – 2016

Data – 08 de outubro de 2016

Circuito – Circuito de Suzuka

Pista – 5.807 metros

Voltas – 53 – 307,471 km,

Pole – Nico Rosberg – Mercedes – 1m30s647

Vencedor – Nico Rosberg – Mercedes

Tempo – 1h26s43s333

Volta mais rápida – Sebastian Vettel – Ferrari – 35 – 1m35s118

Líderes – Nico Rosberg (1-29), Sebastian Vettel (30-34), Nico Rosberg (35-53)

Classificação

Pela 8º vez no campeonato, 3ª consecutiva em Suzuka e 30º na carreira, Nico Rosberg, da Mercedes, conquistou a 3ª pole position seguida deste ano, para o Grande Prêmio do Japão, disputado em 9 de outubro, com transmissão pela TV Globo. Com uma atuação perfeita na classificação, depois de dominar todos os treinos livres, numa disputa dramática, o piloto alemão conseguiu superar o companheiro Lewis Hamilton por apenas 13 milésimos de segundos, na última volta lançada. Fez 1m30s647, contra 1m30s660.

Kimi Raikkonen, da Ferrari, com 1m30s949, vai largar da 3ª posição, mas Sebastian Vettel que foi o 4º, com 1m31s028, sai da 7ª, para cumprir a perda de 3 posições, por causa do acidente que provocou na largada da corrida Malásia. Felipe Massa, descontente com o fato de as Williams serem superadas até pela Haas, vai largar da 12º posição, logo atrás do companheiro Valtteri Bottas.

De fato, a Haas surpreendeu ao colocar seus dois pilotos entre os 10 primeiros colocados: Romain Grosjean foi o 8º e Esteban Gutiérrez, o 10º. A Force India, mais uma vez superou a Williams e também teve seus dois pilotos entre os 10 primeiros Sergio Perez em 6º, beneficiado pela punição a Vettel, e Nico Hulkenberg, em 9º.

Com tempo ameaçador, porém estável, o treino de classificação começou com os dois carros da Mercedes, ambos com pneus médios, sendo os primeiros a irem para a pista e terem tempos registrados: Rosberg fez 1m31s858 e Hamilton, 1m32s218, depois de uma escapada pela grama. Em seguida, Ocon fez 1m33s992, Wehrlein, 1m34s221, Grosjean, 1m33s080, Nasr, 1m33s332, Verstappen, 1m32s487 e Ricciardo, 1m32s538. Aos 11 minutos dessa primeira etapa, porém, os dois carros da Ferrari se impuseram e terminaram nas duas primeiras posições, Vettel com 1m31s659 e Raikkonen com 1m31s674. No minutos finais, Button conseguiu o 14º tempo e derrubou Magnussen e Gutiérrez, jogou Nasr para a 20ª posição. Além dos dois, foram eliminados no Q1, mas depois Palmer tomou o lugar de Button Além de Button, Magnussen e Nasr, foram eliminados Ericsson, Ocon e Wehrlein.

No Q2, de novo, os Mercedes foram os primeiros na pista, com pneus macios. Rosberg marcou 1m30s714 e Hamilton, voltando a dar uma passada pela grama, fez 1m31s129. Ricciardo fez 1m31s719, Raikkonen, 1m31s406, Verstappen, 1m32s731 e Vettel, 1m31s229. Massa e Bottas só foram para a volta lançada faltando 3 minutos para o final, com Massa fazendo 1m32s380 e Bottas, 1m32s315. Massa foi superado por Hulkenberg e Bottas por Perez. Além dos dois das Williams, ficaram no Q2 Kvyat, Sainz, Alonso e Palmer.

Na última etapa da classificação, com todos os pilotos usando pneus macios, Ricciardo e Verstappen, da Red Bull, foram os primeiros a marcar tempo. O australiano fez 1m31s240, e o holandês 1m31s220. Pela primeira vez, Hamilton superou Rosberg, fazendo 1m30s758, contra 1m30s953. Raikkonen assumiu a 3 posição, com 1m31s184 e Vettel, a 4ª, com 1m31s225. No último minuto, porém, com os dois fazendo uma segunda tentativa sem falhas, Rosberg recuperou a primeira posição, com 1m30s647 e Hamilton chegou a apenas 0s013. Raikkonen e Vettel mantiveram as respectivas posições e Ricciardo também manteve a marca obtida no início, sem tempo para uma segunda volta lançada, ficando atrás do companheiro Verstappen.

Grid

1 Nico Rosberg

Mercedes

1m30s647

2 Lewis Hamilton

Mercedes

1m30s660

3 Max Verstappen

Red Bull

1m31s178

4 Daniel Ricciardo

Red  Bull

1m31s240

5 Sergio Perez

Force India

1m31s961

6 Sebastian Vettel

Ferrari

1m31s028

7 Romain Grosjean

Haas

1m21s961

8 Kimi Raikkonen

Ferrari

1m30s949

9 Nico Hulkenberg

Force India

1m32s142

10 Esteban Gutiérrez

Haas

1m32s547

11 Valtteri Bottas

Williams

1m32s315

12 Felipe Massa

Williams

1m32s380

13 Daniil Kvyat

Toro Rosso

1m32s623

14 Carlos Sainz

Toro Rosso

1m32s685

15 Fernando Alonso

McLaren

1m32s689

16 Jolyon Palmer

Renault

1m32s807

17 Kevin Magnussen

Renault

1m33s023

18 Marcus Ericsson

Sauber

1m33s222

19 Felipe Nasr

Sauber

1m33s332

20 Esteban Ocon

Manor

1m33s353

21 Esteban Ocon

1m33s353

Manor

22 Jenson Button

McLaren

1m32s85

Sebastian Vettel foi 3º na classificação, mas sofreu perda de 3 posições, por causar acidente no GP da Malásia. Kimi Raikkonen perdeu 5 posições, por troca da caixa de câmbio. Jenson Button perdeu 35 posições, por troca de motor.

Corrida

Ao contrário de 2014 e 2015, quando também foi pole position, mas perdeu a corrida para o companheiro Lewis Hamilton, em 2016, Nico Rosberg confirmou a primeira posição do grid e venceu o Grande Prêmio do Japão, no circuito de Suzuka. Depois de uma falha de Hamilton na largada, o piloto alemão teve uma atuação perfeita, sem sustos, e só deixou a liderança por pouco tempo, quando fez a primeira de suas duas paradas, Ele completou as 53 voltas do percurso em 1h26s43s333, a 4s978 do segundo colocado, Max Verstappen, da Red Bull, e a 5s976, do terceiro, o companheiro de equipe Lewis Hamilton, que fez uma corrida de recuperação, depois de cair para o 8º lugar. Sebastian, que chegou em 4º, fez a volta mais rápida da corrida, na 35, com 1m35s118.
Com a vitória, Rosberg aumentou para 33 pontos vantagem sobre Hamilton (313 a 280) e poderá conquistar o título se for segundo nas quatro corridas que faltam ou mesmo que seja terceiro em um delas. Essa foi a 9ª vitória na temporada e a 23ª da carreira de Rosberg.
Com a colocação dos seus dois pilotos em 1º e 3º lugares, a Mercedes garantiu a conquista do terceiro título do campeonato dos construtores. A equipe alemã estabeleceu uma vantagem superior a 182 pontos, o máximo que a Red Bull, sua rival mais próxima, pode conquistar, com dobradinhas nas quatro corridas restantes.
Dos brasileiros, Felipe Massa, com uma só parada, obteve o 9º lugar e voltou à zona de pontuação e Felipe Nasr chegou na mesma 19ª posição de onde tinha largado.

A corrida começou com um grid bem modificado, em relação à classificação, com Raikkonen, que era o 3º, perdendo 5 posições, por troca da caixa de câmbio, e Jenson Button punido com a perda de cinco posições e largando da última posição por troca de motor. Com essas modificações, Verstappen, Ricciardo, Perez , Vettel e Grosjean ganharam uma posição no pelotão da frente, e Magnussen, Ericsson, Nasr, Ocon e Wehrlein na parte final do grid.
Rosberg fez uma boa largada, mantendo a primeira colocação, mas Hamilton patinou e foi passado por outros seis concorrentes, caindo para o 8º lugar, antes da primeira curva. Vettel ultrapassou Ricciardo ainda sem asa móvel, enquanto Bottas e Massa caiam para 13º e 14º, respectivamente. Na segunda volta, Vettel passa também por Perez e os cinco primeiros colocados eram Rosberg, Verstappen, Vettel, Perez e Ricciardo. Três voltas depois, Raikkonen passa por Hulkenberg, para assumir a 6ª colocação, e na 7ª, Hamilton também passa pelo alemão, para ocupar o 7º lugar, mais de 14 segundos atrás do líder Rosberg.
Na volta 11, com a parada de Verstappen,Vettel subiu para 2º e Hamilton chegou ao 5º lugar, mas então a 16 segundos de Rosberg. Com as paradas de Rosberg, na volta 13, e de Hamilton, na 14, Verstappen assumiu provisoriamente a liderança, mas já na volta 18 Rosberg recuperou o posto, à frente do holandês, Vettel e Hamilton. A 341 km/h, Raikkonen ultrapassou Ricciardo para ser o 5º colocado. Vettel fez várias voltas com tempo melhor, mas não conseguiu ultrapassar Verstappen.
No pelotão de trás, Nasr é ultrapassado por Alonso e Sainz e cai para 14º, enquanto Massa quase bate em Sainz, na primeira tentativa de ultrapassagem, mas na segunda é bem sucedido e vai para o 10º lugar.
Rosberg fez sua segunda parada na volta 30, voltando a colocar pneus duros e cinco voltas depois, com a parada de Vettel, que era o líder provisório, recuperou o primeiro lugar, que manteve tranquilamente até o fim. Com a parada de Vettel, Hamilton subiu para o terceiro lugar e nas dez voltas finais tentou sem sucesso passar por Verstappen, para chegar em 2º. O jovem holandês soube se defender bem dos ataques de Hamilton, que não conseguiu passar, mesmo com asa aberta, em 4 oportunidades. Na última chance, colocou o carro ao lado do rival, mas na hora de passar, perdeu o controle e saiu pela área de escape da curva 1. Vettel e Ricciardo não conseguiram passar à frente e reclamaram da falta de bandeiras azuis aos retardatários.

Redsultados

 

Posição Piloto Equipe Tempo
Nico Rosberg Mercedes 1h26s43s333
Max Verstappen Red Bull a 4s978
Lewis Hamilton Mercedes 5s776
Sebastian

Vettel

Ferrari 20s29
Kimi Raikkonen Ferrari 28s370
Daniel Ricciardo Red Bull 33s941
Sergio Perez Force India 57s495
Nico Hulkenberg Force  India 59s177
Felipe Massa Williams 1m37s076
10º Valtteri Bottas Williams 1m38s323
11º Romain Grosjean Haas 1m39s294
12º Jolyon Palmer Renault 1 volta
13º Daniil Kvyat Toro Rosso 1 volta
14º Kevin Magnussen Renault 1 volta
15º Marcus Ericsson Sauber 1 volta
16º Fernando Alonso McLaren  1 volta
17º Carlos Sainz Toro Rosso 1 volta
18º Jenson Button McLaren 1 volta
19º Felipe Nasr Sauber 1 volta
20º Esteban Gutiérrez Haas 1volta
21º Esteban Ocon Manor 1 volta
22º Pascal Wehrlein Manor 1 volta

 

Classificação

Piloto
Nico Rosberg 313
Lewis Hamilton 280
Daniel Ricciardo 212
Kimi Raikkonen 170
Max Verstappen 165
Sebastian Vettel 165
Valtteri Bottas 81
Sergio Perez 80
Nico Hulkenberg 54
10º Felipe Massa 43
11º Fernando Alonso 42
12º Carlos Sainz 30
13º Romain Grosjean 26
14º Daniil Kvyat 25
15º Jenson Button 19
16º Kevin Magnussen 7
17º Jolyon Palmer 1
18º Pascal Wehrlein 1
19º Stoffel Vandoorne 1
20º Esteban Gutiérez 0
21º Marcus Ericsson 0
22º Felipe Nasr 0
23º Rio Haryanto 0
24º Esteban Ocon 0

 

Equipes

Posição Equipe Pontos
Mercedes 588
Red Bull 385
Ferrari 335
Force India 134
Williams 124
McLaren 62
Toro Rosso 47
Haas 28
Renault 8
10º Manor 1
11º Sauber 0