Estados Unidos – 2016

Data – 23 de outubro de 2016

Circuito – Circuito das Américas – Austin

Pista – 5.513 metros

Voltas – 56 – 308,405 km

Pole – Lewis Hamilton – Mercedes  – 1m34s999

Vencedor – Lewis Hamilton – Mercedes

Tempo – 1h38m12s618

Volta mais rápida –  Sebastian Vettel – Ferrari – 55 – 1m39s877

Líderes – Lewis Hamilton (1-11), Sebastian Vettel (12-14), Lewis Hamilton(14-56)

Classificação

Com uma última volta espetacular no minuto final da etapa de classificação, Lewis Hamilton conquistou a pole position para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, disputado no dia 23 de outubro no Circuito das Américas, em Austin, transmitido pelo Sportv. Depois de reclamar de problemas para engatar a 7ª marcha, o piloto inglês fez uma volta perfeita, em 1m34s999, ficando 0s216 à frente do companheiro Nico Rosberg. Este que vinha com tempo melhor, apesar de pequeno erro na primeira curva, não fez um bom terceiro setor e terminou com 1m35s215. Essa é a 58ª pole da carreira da Hamilton, que na temporada supera Rosberg com 9 contra 8 primeiros lugares.

A segunda fila do grid em Austin foi formada por Daniel Ricciardo e Max Verstappen, da Red Bull, e a terceira por Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, da Ferrari. Felipe Massa, que foi 10º no Q2, com uma tentativa apenas no Q3, passou para o 9º lugar, logo atrás do companheiro Valtteri Bottas. Felipe Nasr, que nos treinos livres teve um bom desempenho, foi mal na classificação. Reclamando dos freios e da falta de equilíbrio e aderência do carro, terminou na 21ª e penúltima posição, enquanto Marcus Ericsson, com elogios à sua máquina, ficou em 16º.

Sergio Perez, Esteban Ocon, Marcus Ericsson e Pascal Wehrlein foram os primeiros a irem para a pista e os primeiros tempos registrados foram: Wehrlein, 1m39s319; Ericsson, 1m39s017; Nasr, 1m39s703; Grosjean , 1m38s620. Os pilotos de ponta só começaram a buscar tempos depois de 9 minutos de treino, com Hamilton fazendo 1m36s296; Rosberg, 1m36s397; Verstappen, 1m36s613 e Ricciardo, 1m35s759. Em seguida, Hulkenberg fez 1m35s654; Raikkonen, 1m35s689 e Vettel, 1m35s855.

A 1 minuto e meio do final da fase, Jenson Button e Felipe Nasr ameaçaram escapar da degola, mas não conseguiram; chegaram a ocupar a 16ª posição, mas foram superados. Gutierrez, com o cronometro zerado fugiu à eliminação, enquanto Grosjean, Magnussen, Button, Wehrlein, Nasr e Ocon ficavam pelo caminho.

No Q2, Hamilton e Rosberg foram os primeiros a tentarem tempo, com pneus macios, que deverão usar na largada. Depois de duas voltas de aquecimento, Rosberg fez 1m36s450 e Hamilton o superou, com 1m36s351. Ricciardo, com pneus supermacios, liderou a fase, com 1m36s255. Vettel fez 1m36s462 e Raikkonen, 1m36s575. Massa só saiu para uma volta no minuto final e terminou em 10º. Perez, Alonso, Kvyat, Gutierrez, Palmer e Ericsson não passaram ao Q3.

Na etapa final da classificação, Hamilton e Rosberg foram de novo os primeiros a buscar tempos, com o alemão fazendo 1m35s442 e Hamilton retrucando com 1m35s370. Ricciardo cravou 1m35s928, na primeira tentativa, enquanto Verstappen fazia 1m36s044; Vettel, 1m36s453 e Raikkonen, 1m36s475. No minuto final, Hamilton deu a sua melhor volta do fim de semana e talvez da temporada, cravando 1m34s99 e Rosberg, com pequenos erros nas curvas 1 e 19, ficou em 1m35s215. Ricciardo, Verstappen, Raikkonen e Vettel também melhoraram seus tempos, definindo as seis primeiras posições. Massa,de novo em uma única tentativa, ganhou uma posição, terminando em 9º.

 Grid                                                                                            

1 Lewis Hamilton

Mercedes

1m34s999

2 Nico Rosberg

Mercedes

1m35s215

3 Daniel Ricciardo

Red Bull

1m35s509

4 Max Verstappen

Red Bull

1m3s747

5 Kimi Raikkonen

Ferrari

1m36s131

6 Sebastian Vettel

Ferrari

1m36s358

7 Nico Hulkenberg

Force India

1m36s628

8 Valtteri Bottas

Williams

1m37s116

9 Felipe Massa

Williams

1m37s269

10 Carlos Sainz

Toro Rosso

1m37s326

11 Sergio Perez

Force India

1m37s353

12 Fernando Alonso

McLaren

1m37s417

13 Daniil Kvyat

Toro Rosso

1m37s480

14 Esteban Gutierrez

Haas

1m37s773

15 Jolyon Palmer

Renault

1m37s935

16 Marcus Ericsson

Sauber

1m38s306

17 Romain Grosjean

Haas

1m38s308

18 Kevin Magnussen

Renault

1m38s317

19 Jenson Button

McLaren

1m38s327

20 Pascal Wehrlein

Manor

1m38s548

21 Felipe Nasr

Sauber

1m38s583

22 Esteban Ocon

Manor

1m38s806

 

Corrida

Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2016, no Circuito das Américas, em Austin, alcançando a sua 50ª vitória na carreira e ficando em 3º lugar no número de triunfos, atrás de Alain Prost, que tem 51, e Michael Schumacher, com 91. Nico Rosberg, o atual líder do campeonato, chegou em segundo lugar e viu reduzida para 26 pontos a vantagem sobre o companheiro, mas manteve as chances de conquistar o título de campeão da temporada. Para isso, basta voltar ser segundo nas últimas três corridas, ou até terceiro em uma delas, mesmo que Hamilton ganhe as três.

Hamilton completou as 56 voltas da corrida em 1h38m12s618, com 4s520 à frente de Rosberg. Daniel Ricciardo, da Red Bull, ocupou o terceiro lugar do pódio, a 19s692 do vencedor. O brasileiro Felipe Massa, que largou da 9º posição, chegou em 7º, depois de ter brigado pelo 5º lugar com Carlos Sainz, mas superado por Fernando Alonso na disputa do 6º lugar. Felipe Nasr, da Sauber, largou na 1ª e penúltima posição e cruzou a linha em 15º, com ultrapassagem sobre Valtteri Bottas, da Williams, nas últimas voltas.

O grande nome do GP dos Estados Unidos foi o espanhol Fernando Alonso, que saiu do 12º lugar, fez uma corrida agressiva e consistente até chegar ao 5º posto, com duas espetaculares ultrapassagens sobre Felipe Massa e Carlos Sainz. Esse foi o melhor resultado na temporada da McLaren, que somou mais um ponto com o 10º lugar de Jenson Button.

Na largada, Hamilton não teve os problemas que vinha tendo com a embreagem e garantiu a primeira colocação. Daniel Ricciardo, com pneus supermacios e melhor tração, foi mais rápido e tomou o segundo lugar de Nico Rosberg. Massa pulou para o 7º lugar, mas Bottas atingido por Hulkenberg, teve um pneu furado e teve de ir para o box. O alemão da Force India teve danos maiores e teve de deixar a pista. Sergio Perez também se tocaram, mas continuaram na corrida. Max Verstappen que tinha largado mal e perdido a 4ª posição, conseguiu se recuperar e tomar o posto de Vettel.

Na primeira troca de pneus, Hamilton e Rosberg adotam estratégias diferentes, o inglês continua com compostos macios e Rosberg coloca os médios.  Na volta 12, depois das primeiras paradas, os 7 primeiros são Vettel, Hamilton, Ricciardo, Rosberg, Raikkonen, Verstappen e Massa. na volta 13, Verstappen passa por Raikkonen e assume a 5ª posição.Na 15, Vettel para  e Hamilton reassume a liderança, enquanto Verstappen se aproxima de Rosberg, para tentar a 4ª colocação.

Na volta 20, os 10 primeiros são Hamilton, Ricciardo, Rosberg, Vertsappen, Raikkonen, Vettel, Massa, Sainz, Alonso e Kvyat. À essa altura, a equipe pede a Verstappen que seja cauteloso na disputa com Rosberg e ele responde que não está lá para ser 4º. Mal sabia que no final, além de um pit stop desastrado, quando, na volta 27, foi para o box sem ser chamado e apanhou a equipe desprevenida, teria um problema no carro que o tiraria da corrida.

Na volta 30, com a segurança virtual, enquanto o carro de Verstappen era retirado, a Mercedes fez a jogada decisiva da corrida: chamou os dois pilotos de uma vez para troca de pneus e ambos voltaram nas mesmas posições, 1º e 2º. Ricciardo lamentou que a Red Bull não tivesse feito a mesma coisa e também lamentou a saída de Verstappen, que poderia ajudá-lo no combate a Rosberg.
A partir da metade da corrida as melhores disputas se deram a partir do 3º lugar, com Raikkonen se aproximando de Ricciardo, na volta 36, mas vendo o fim da corrida para ele, uma volta depois, quando parou pela segunda vez. O responsável pelo macaco o liberou antes da hora, ele saiu com uma roda ainda mal fixada e teve de voltar ao box de ré.

No final, com as primeiras colocações definidas, a disputa mais atraente foi entre Sainz, Massa e Alonso. Na volta 42, o brasileiro se aproximou de Sainz, reduziu a diferença para menos de um segundo, mas, mesmo podendo usar a asa, não conseguiu ultrapassar. A demora deu tempo para que Alonso se aproximasse e, após uma disputa renhida, o espanhol acabou passando pelos dois.  Na penúltima volta, Sebastian Vettel fez uma passagem rápida pelo box, para trocar os pneus e fazer a volta mais rápida da corrida: 1m39s887.

Resultados

 Pos. Piloto Equipe Tempo
Lewis Hamilton Mercedes 1h38m12s618
Nico Rosberg  Mercedes a 4s520
Daniel Ricciardo Red Bull 19s692
Sebastian Vettel Ferrari 43s134
Fernando Alonso McLaren 1m33s953
Carlos Sainz Toro Rosso 1m36s124
Felipe Massa Williams 1 volta
Sergio Perez Force India 1 volta
Jenson Button McLaren 1 volta
10º Romain Grosjean Haas 1 volta
11º Daniil Kvyat Toro Rosso 1 volta
12º Kevin Magnussen Renault 1 volta
13º Jolyon Palmer Renault 1 volta
14º Marcus Ericsson Sauber  1 volta
15º Felipe Nasr Sauber 1 volta
16º Valtteri Bottas Williams 1 volta
17º Pascal Wehrlein Manor 1 volta
18º Esteban Ocon Manor 2 voltas
Não completaram
Kimi Raikkonen Ferrari
Max Verstappen Red Bull
Esteban Gutierrez Haas
Nico Hulkenberg Force India

 

Classificação

Pilotos

Posição Piloto Equipe Pontos
Nico Rosberg Mercedes 331
Lewis Hamilton Mercedes 305
Daniel Ricciardo Red Bull 227
Sebastian Vettel Ferrari 177
Kimi Raikkonen Ferrari 170
Max Verstappen Red Bull 165
Sergio Perez Force India 84
Valtteri Bottas Williams 81
Nico Hulkenberg Force India 54
10º Fernando Alonso McLaren 52
11º Felipe Massa Williams 49
12º Carlos Sainz Toro Rosso 38
13º Romain Grosjean Haas 29
14º Daniil Kvyat Toro Rosso 25
15º Jenson Button McLaren 21
16º Kevin Magnussen Renault 7
17º Jolyon Palmer Renault 1
18º Pascal Wehrlein Manor 1
19º Stoffel Vandoorne McLaren 1
20º Esteban Gutierrez Haas 0
21º Marcus Ericsson Sauber 0
22º Felipe Nasr Sauber 0
23º Rio Haryanto Manor 0
24º Esteban Ocon Manor 0

 

Equipes

Posição Equipe Pontos
Mercedes 636
Red Bull 403
Ferrari 347
Force India 138
Williams 130
McLaren 74
Toro Rosso 55
Haas 29
Renault 8
10º Manor 1
11º Sauber 0