Baku – 2016

Data – 19 de junho de 2016

Circuito –  Cidade de Baku

Pista – 6.006 metros

Voltas – 51 (306,049 km)

Pole – Nico Rosberg – Mercedes – 1m42s758

Vencedor – Nico Rosberg – Mercedes

Tempo – 1h32m52s366

Volta mais rápida –  Nico Rosberg – Mercedes – 48 –  1m46s485

Líderes –  Nico Rosberg (1-51)

Classificação

Rosberg fez a pole position, com o tempo de 1m42s758, e Lewis Hamilton, largou da 10ª posição, no GP da Europa, no Azerbaijão, no circuito de rua de Baku. Foi a 3ª pole do piloto na temporada e a 25ª na carreira dele. Hamilton, que tinha liderado todos os treinos livres, teve um desempenho irregular na classificação, errou e bateu com a roda dianteira no muro da curva 11, na subida do Castelo, na tentativa de superar o companheiro. Parou o carro em lugar perigoso e o treino teve de ser interrompido por bandeira vermelha. Nos 2 minutos e cinco segundos restantes, vários pilotos tiveram chance e conseguiram melhorar os tempos, mudando as primeiras posições, entre eles Daniel Ricciardo e Max Verstappen, que tomou o 9º lugar de Hamilton.

Sergio Perez, da Force India, foi o segundo colocado na classificação, mas perdeu 5 posições, por troca de caixa de câmbio, após acidente no 3º treino livre, e largou da 7ª posição. Seu lugar na primeira fila foi ocupado por Daniel Ricciardo, da Red Bull, que fez o mesmo tempo que Sebastian Vettel, 1m43s966, mas ganhou a posição por ter atingido a marca primeiro.

Felipe Massa, que teve um bom desempenho no Q3, será o 5º no grid e Felipe Nasr, depois de um longo tempo, passou ao Q2 e saiu do 16º lugar.

O treino no circuito de rua de Baku começou com tempo bom e a temperatura na pista, que no início era de 39 graus e subiu a 40°, era de apenas 27° na última etapa da classificação.

O Q1 teve início com quase todos os carros na pista e a maioria usando pneus supermacios, Rosberg logo assumiu a liderança, com1m44s136, seguido de Hamilton, a 0s123, e Valtteri Bottas, a 0s127. No final da etapa, Perez e Kvyat passaram os dois e os cinco primeiros passaram a ser Rosberg, Hamilton, Perez, Kvyat e Ricciardo. Nasr, mesmo com o recorrente problema de freios em sua Sauber, conseguiu garantir a última posição do Q2. Haryanto, Button, Wehrlein, Palmer, Magnussen e Ericsson foram eliminados.

No Q2, Felipe Massa assumiu por alguns instantes a primeira colocação, com1m44s096, contra 1m44s477 de Bottas, mas logo Rosberg se impôs com um foguete de 1m42s320. Hamilton, que travou as rodas a 2 minutos do final, na curva 7, e caiu para o 10º lugar, conseguiu se recuperar, terminando na segunda posição. Ricciardo, que chegou a estar na zona de corte, também logrou pular para 3º. Grosjean,Hulkenberg, Sainz, Alonso, Gutierrez e Nasr não passaram à Q3.

Na última etapa da classificação, Ricciardo saiu na frente, com 1m44s200, porém foi logo superado por Sergio Perez, com 1m43s305, e Sebastian Vettel, 1m43s760 e Kimi Raikkonen, 1m44s269. Nas duas primeiras voltas lançadas, Rosberg e Hamilton ficaram em 7º e 8º lugares, respectivamente, mas na segunda tentativa Nico Rosberg cravou 1m42s758 e voltou aos boxes com a pole garantida. A essa altura foi que Hamilton errou e, além de comprometer sua classificação, provocou a paralisação da corrida com bandeira vermelha.

No reinício do treino, nos 2 minutos e cinco segundos finais, se estabeleceu a classificação final.

Grid

1

Nico Rosbergh

Mercedes

1m42s758

2

Daniel Ricciardo

Red Bull

1m43s966

3

Sebastian Vettel

Ferrari

1m43s966

4

Kimi Raikkonen

Ferrari

1m44s269

5

Felipe Massa

Williams

1m44s483

6

Daniil Kvyat

Toro Rosso

1m4s717

7

Sergio Perez

Force India

1m43s515

8

Valtteri Bottas

Williams

1m45s246

9

Max Verstappen

Red Bull

1m45s570

10

Lewis Hamilton

Mercedes

2m01s954

11

Romain Grosjean

Haas

1m44s755

12

Nico Hulkenberg

Force India

1m44s824

13

Carlos Sainz Jr

Toro Rosso

1m45s000

14

Fernando Alonso

McLaren

1m45s270

15

Esteban Gutierrez

Haas

1m45s349

16

Felipe Nasr

Sauber

1m46s048

17

Rio Haryanto

Manor

1m45s665

18

Pascal Wehrlein

Manotr

1m45s750

     19

Jenson Button

McLaren

1m45s804

20

Marcus Ericsson

Sauber

1m46s211

    21

Kevin Magnussen

Renault

1m46s348

22

Jolyon Palmer

Renault

1m46s394

Corrida

Nico Rosberg, da Mercedes, com uma parada só e pneus macios, venceu de ponta a ponta o GP da Europa, que inaugurou hoje ao circuito de rua de Baku, no Azerbaijão. O piloto alemão completou o percurso de 51 voltas em 1h32m52s366, com 16s696 de vantagem sobre o segundo colocado, Sebastian Vettel, da Ferrari, fez o hat trick, com a pole position, a vitória e a volta mais rápida de 1m46s485, na 48.

Sergio Perez, da Force India, que poderia ganhar o terceiro lugar no pódio devido a punição de tempo a Kimi Raikkonen, conquistou a posição ainda na pista, no final da última volta. Raikkonen sofreu uma punição de 5 segundos no tempo final, por ter passado com as quatro rodas na faixa branca do pit lane, e tinha apenas um segundo de vantagem sobre Perez, o que, de qualquer jeito, já lhe tiraria a terceira posição. Também por causa da penalidade, o piloto finlandês já tinha sido obrigado por ordem da equipe, a ceder o segundo lugar a Sebastian Vettel.

Lewis Hamilton, 10º no grid, chegou em 5º. O inglês teve problema na configuração do carro, pediu ajuda ao seu engenheiro, mas este, pelo regulamento não pode socorrê-lo e ele teve de resolver sozinho a questão. Felipe Massa, com duas paradas e usando um conjunto de pneus supermacios e dois de macios, terminou no 10º lugar, depois de largar da 5ª posição e chegar a correr em 4º. Felipe Nasr, que saiu do 15º lugar, ganhou três posições durante a corrida, terminando em 12º.

Ao contrário do que se previa, principalmente depois das confusões nas provas de categorias inferiores, a corrida de Baku foi tranquila, sem incidentes e carro de segurança. Os abandonos de Fernando Alonso, Daniil Kvyat, Carlos Sainz e Pascal Wehrlein foram causados por problemas no carro, sem interferir no ritmo da corrida.

A largada aconteceu normalmente, sem nenhum atropelo, apesar da pista estreita e da pouca distância do grid até a curva 1. Os quatro ponteiros Rosberg, Ricciardo, Vettel e Raikkonen mantiveram as posições, mas Felipe Massa caiu do 5º para o 6º lugar, ultrapassado por Sergio Perez, que tinha passado também por Daniil Kvyat. Max Verstappen, que era o 9º, também ganhou duas posições e Felipe Nasr passou do 15º para o 14º lugar. Na volta 6, Sebastian Vettel ultrapassou Ricciardo, assumindo o segundo lugar e na 9, Hamilton já brigava com Bottas pela 4ª colocação, ambos correndo a mais de 300 km/h.

Entre as voltas 10 e 20, Rosberg e Raikkonen disputaram a volta mais rápida, com o alemão fazendo 1m49s930, depois 1m49s007, 1m49s735, 1m49s389 e Raikkonen chegando a 1m49s093 e 1m48s187. Na volta 20, os 10 primeiros colocados eram Rosberg, Vettel, Raikkonen, Ricciardo, Hulkenberg, Perez, Hamilton, Massa, Botas e Wehrlein.

Na volta 24, Rosberg fez a sua única parada e, com mais de20 segundos de vantagem sobre Vettel, voltou tranquilamente à liderança. Na 22, Perez fez a volta mais rápida, com 1m47s980, as primeiras posições se mantém e só Sainz entra no 10º lugar, passando Wehrlein. Na volta 28, Raikkonen, já punido, recebeu ordem da equipe e cedeu a posição a Vettel. Na 30, o alemão fez a volta mais rápida, 1m47s582, tempo logo superado por Rosberg, com 1m47421 e 1m47s120. Na volta 40, os líderes eram Rosberg, Vettel, Raikkonen, Perez, Hamilton, Bottas e Hulkenberg, que tinham feito uma só parada. Na volta 48, Rosberg estabeleceu o tempo final de volta mais rápida, com 1m46s485, depois de Hamilton ter feito 1m46s822, na 42.

Nas voltas finais, Ricciardo, que teve um desempenho discreto, depois de ter sido o segundo do grid, ganhou a 7ª posição; Verstappen e Hulkenberg subiram para 8º e 9º, Massa se segurou no 10º lugar, que passou a ocupar pouco depois da sua segunda parada, na 28ª volta, e Sergio Perez ultrapassou Raikkonen, para subir ao terceiro lugar do pódio.

A classificação final do GP da Europa, a 8ª prova da temporada da F1 foi esta:

 

Posição

Piloto

Equipe

Tempo

Nico Rosberg Mercedes  1h32m52s366

Sebastian Vettel Ferrari

a 16s696

Sergio Perez Force India

25s241

Kimi Raikkonen Ferrari

33s102

Lewis Hamilton Mercedes

56s335

Valtteri Bottas Williams

1m00s886

Daniel Ricciardo Red Bull

1m09s229

Max Verstappen Red Bull

1m10s696

Nico Hulkenberg Force India

1m17s708

10º

Felipe Massa Williams

1m25s375

11º

Jenson Button McLaren

1m44s817

12º

Felipe Nasr Sauber

1 volta

13º

Romain Grosjean Haas

1 volta

14º

Kevin Magnussen Renault

1 volta

15º

Jolyon Palmer Renault

1 volta

16º

Esteban Gutierrez Haas

1 volta

17º

Marcus Ericsson Sauber

1 volta

18º

Rio Haryanto Manor

2 voltas

Não completaram
Fernando Alonso McLaren

42-câmbio

Pascal Wehrlein Manor

39-freios

Carlos Sainz Jr Toro Rosso

31-suspensão

Daniil Kvyat Toro Rosso

06-suspensão

 

Classificação

Piloto

Nico Rosberg

141

Lewis Hamilton

117

Sebastian Vettel

96

Kimi Raikkonen

81

Daniel Ricciardo

78

Max Verstappen

54

Valtteri Bottas

52

Sergio Perez

39

Felipe Massa

38

10º

Daniil Kvyat

22

11º

Romain Grosjean

22

12º

Nico Hulkenberg

20

13º

Fernando Alonso

18

14º

Carlos Sainz Jr

18

15º

Kevin Magnussen

6

16º

Jenson Button

5

17º

Stoffel Vandoorne

1

18º

Esteban Gutierrez

0

19º

Jolyon Palmer

0

20º

Marcus Ericssn

0

21º

Felipe Nasr

0

22º

Pascal Wehrlein

0

23º

Rio Haryanto

0

 

Equipe

 Mercedes

258

Ferrari

177

Red Bull

140

Williams

90

Force India

59

Toro Rosso

32

McLaren

24

Haas

22

Renault

6

10º

Sauber

0

11º

Manor

0