1976

O inglês James Hunt, correndo pela McLaren-Ford, o campeão de 1976, só garantiu o título na última prova da temporada, com um ponto de vantagem, porque, no Grande Prêmio do Japão, Niki Lauda abandonou a prova por causa da chuva. Até ali, Hunt e Lauda tinham vencido 5 Grandes Prêmios cada um. Hunt fez 69 pontos; Lauda, 68. A Ferrari e Niki Lauda dominavam a temporada até o mês de agosto. Porém, no décimo dos dezesseis grandes prêmios, no circuito de Nurburgring, na Alemanha, o austriaco sofreu um grave acidente.

James Hunt

James Hunt

Na segunda volta, depois de bater contra o guard-rail, a Ferrari 312 T de Niki Lauda incendiou-se e ele foi levado em estado de coma para o hospital. Com profundas cicatrizes das queimaduras no rosto, Niki Lauda surpreendeu os médicos e voltou a correr cerca de um mês depois, no Grande Prêmio da Itália, ficando em quarto lugar. Com as vitórias de Niki Lauda e do seu companheiro Clay Regazzoni, a Ferrari conquistou o bicampeonato de marcas, com 83 pontos.

A partir dessa temporada, a McLaren passou a usar o kevlar e a Brabham testou os primeiros freios de carbono. Nesse campeonato, o primeiro em que corrreu pela sua equipe, agora denominada  Copersucar, Emerson Fittipaldi conseguiu apenas 3 pontos, ficando em sexto lugar nos Grandes Prêmios dos Estados Unidos, Mônaco e Inglaterra.  José Carlos Pace. com o Brabham, foi 6º na Espanha e 4º na Alemanha.

1976 –  Campeonato Mundial de Construtores

Pos.

Equipes

Pts.

Ferrari

83

McLaren

74

Tyrrell

71

Lotus

29

Penske

20

Ligier

20

March

19

Shadow

10

Brabham

09

10º

Surtees

07

11º

Copersucar

03

  12º Ensign

02

  13º Parnelli

01


Concorreram também: Hesketh, Boro, Williams, Kojima, BRM e Maki.

   1976– Classificação – Pilotos

Pos. Piloto Páis Equipe Pts

James Hunt Inglaterra McLaren 69

Niki Lauda Austria Ferrari 68

Jody Scheckter África do Sul Tyrrell 49

Patrick Depailler França Tyrrell 39

 5º

Clay Regazzoni Suiça Ferrari 31

Mario Andretti EUA Ferrari 22

John Watson Inglaterra Penske 20
Jacques Laffite França Ligier 20

Jochen Mass Alemanha McLaren 19

10º

Gunnar Nilsson Suécia Lotus 11

11º

Ronnie Peterson Suécia March 10
Tom Pryce Inglaterra Shadow 10

13º

Hans Joachim Stuck Alemanha March 08

14º

José Carlos Pace Brasil Brabham 07
Alan Jones Austrália Surtees 07
  16º Carlos Reutemann Argentina Ferrari 03
Emerson Fittipaldi Brasil Copersucar 03
 18º Chris Amon Nova Zelandia Ensign 01
Vittório Brambilla Itália March 01
Rolf Stommlen Alemanha Brabham 01

Participaram do campeonato 52 pilotos.

1976  –  Grandes Prêmios

 
Dia GP Circuito Voltas Vencedor Equipe Tempo
25/01 Brasil Interlagos 40 – 318,400  km Niki Lauda Ferrari 1h45m16s78
06/03 A. do Sul Kyalami 78 – 320,112 km Niki Lauda Ferrari 1h42m184
28/03 EUA – Oeste Long Beach 80 – 257,600 km C Regazzoni Ferrari 1h53m18s471
02/05 Espanha Jarama 75 – 255,300  km Jams Hunt McLaren 1h42m20s43
16/05 Bélgica Zolder 70 –  298,340 km Niki Lauda Ferrari 1h42m53s23
30/05 Monaco Monte Carlo 78 – 258,336  km Niki Lauda Ferrari 1h59m51s47
13/06 Suécia Anderstorp 72 289,296  km J. Scheckter Tyrrell 1h46m53s729
04/07 França Lê Castellet 54 – 313,740 km James Hunt McLaren 1h40m58s7
18/07 Inglaterra Brandss Hatch 76– 319,200  km Niki Lauda Derrari 1h44m19s66
01/08 Alemanha Nurburgring 14–  319,690  km James Hunt McLaren 1h41m42s7
15/08 Austria Osterreichring 54 – 319,194  km John Watson Penske 1h30m07s86
29/08 Holanda Zandvoort 75 – 316,950 km James Hunt McLaren 1h44m52s09
12/09 Italia Monza 52 – 301,600  km R. Peterson March 1h30m356s6
03/10 Canada Mosport 80 – 316,560 km James Hunt McLaren 1h40m09s626
10/10 EUA-Leste Watkins Glen 59 – 320,665  km James Hunt McLaren 1h42m40s741
24/10 Japão Monte Fuji 73 – 318,207 M. Andretti Lotus 1h43m58s86