1965

Jim Clark venceu seis dos dez grandes prêmios corridos na temporada e tornou-se bicampeão, correndo pela mesma equipe do seu primeiro título, a Lotus Climax. Foi o primeiro nos GPs da África do Sul, Bélgica, França, Inglaterra, Holanda e Alemanha. Graham Hill venceu em Mônaco e nos Estados Unidos. Jackie Stewart venceu na Itália e Richie Ginther ganhou no México.

Nessa temporada, outro mito do automobilismo ganhou a sua primeira prova na Fórmula 1, o escocês Jackie Stewart, que depois, com 27 vitórias, viria a superar o recorde de vitórias de Juan Manuel Fangio, que teve 24 em sua carreira. O campeonato, que começou exatamente no dia 1º de janeiro, na África do Sul, marcou a entrada na Fórmula 1 da Goodyear, pela Brabham.

Campeão de 1965, Jack Brabham

Jack Brabham

Teve também a primeira vitória da Honda num Grande Prêmio, com Paul Richard “Richie” Ginther, no México. Pela primeira vez também, o GP da França foi disputado em Clermont Ferrand, que, pelo seu traçado sinuoso, com 51 curvas em pouco mais de 8 quilometros, é chamado de   “pequeno Nurburgring”.  Dos pilotos independentes, só Pedro Rodrigues, do México (um 5º lugar), e R. Attwood, da Inglaterra (dois 6º lugares), figuraram entre os classificados, com 2 pontos cada um.

   1965 – Classificação – Pilotos

Pos. Piloto Páis Equipe Pts

Jim Clark Escócia Lotus 54

Graham Hill Inglaterra BRM 40

Jackie Stewart Escócia BRM 33

Dan Gurney EUA Brabham 25

John Surtees Inglaterra Ferrari 17

Lorenzo Baldini Itália Ferrari 13

Richie Ginther EUA Honda 11

Mike Spence Inglaterra Lotus 10
Bruce McLaren Nova Zelândia Cooper 10

10º

Jack Brabham Austrália Brabham 09

11º

Denis “Deny” Hulme Nova Zelandia Brabham 05
Jô Siffert Suiça Brabham 05

13º

Jochen Rindt Áustria Cooper 04

14º

Pedro Rodriguez México 02
Ronnie Bucknum EUA Honda 02
Richard Attwood Inglaterra 02

Jim Clark

Participaram da temporada 50 pilotos e os outros 34 não pontuaram.

1965 –  Campeonato Mundial de Construtores

Pos.

Equipes

Pts.

Lotus-Climax

54

BRM

45

Brabham

27

Ferrari

26

Cooper-Climax

14

Honda

11

Brabham-Climax

05

Lotus-BRM

02

Competiram também: Alfa-Romeo, LDS-Alfa-Romeo, Cooper-Ford, LDS-CLimax e Lótus-Ford.

1965 –  Grandes Prêmios

 
Dia GP Circuito Voltas Vencedor Equipe Tempo
01/01 A. do Sul East London 86 – 333,625 km Jim Clark Lotus 2h06m46s
30/05 Monaco Monte Carlo 100 – 313 km Graham Hill BRM 2h37m39s6
13/06 Belgica Spa-Francorchamps 32 –  450,560 km Jim Clark Lotus 2h23m34s8
27/06 França Clermont. Ferrand 40 – 322,200  km Jim Clark Lotus 2h41m38s4
11/07 Inglaterra Silverstone 80 –  376  km Jim Clark Lotus 2h05m25s4
18/07 Holanda Zandvoort 80 – 334,800 km Jim Clark Lotus 2h03m59s1
01/08 Alemanha Nurbrurgring 15 – 341,580  km Jim Clark Lotus 2h07m52s4
12/09 Italia Monza 76 – 437  km Jackie Stewart BRM 2h04m52s8
03/10 EUA Watkins Glen 110 – 407   km Graham Hill BRM 2h20m36s1
24/10 México Cidade do Mèxico 65 – 325 km Richie Ginther Honda 2h06m32s10